Dicas de marketing odontológico no Instagram
Dicas de marketing odontológico no Instagram
26/05/2020
redes sociais e SEO impulsionam a gestão em saúde e o marketing médico
Gestão em saúde: como as redes sociais e o SEO com blog podem impulsionar o agendamento
25/06/2020

Como a internet pode alavancar o seu marketing hospitalar

saguão de hospital saiba mais sobre marketing hospitalar na internet

Com o marketing digital você pode aumentar o sucesso do seu marketing hospitalar. Há alguns anos hospitais raramente precisavam competir por pacientes. A concorrência era menor e não existiam tantas maneiras de divulgar seus serviços e especialidades. Por isso, seus departamentos de marketing trabalhavam com campanhas razoavelmente menos elaboradas ou investiam somente no marketing tradicional. 

No entanto, o mercado da saúde está mudando rapidamente, especialmente em relação ao comportamento do consumidor, e isso vem causando uma grande mudança no marketing bem como na gestão de hospitais. Hoje em dia pacientes pesquisam muito antes de decidirem procurar um serviço de saúde. Eles querem saber sobre sua condição, o que poderiam fazer a respeito e quais os procedimentos ou técnicas oferecidas que poderiam ajudá-los. 

Pensar que o hospital não tem muito a ver com esse processo e sequer deve interferir pode ser um grande erro estratégico. Quando o hospital possui uma presença digital e usa estratégias na internet ele pode ajudar e interferir no processo de decisão. 

Trouxemos algumas informações relevantes para hospitais que desejem trabalhar com ferramentas digitais ou até com uma empresa de marketing digital especializada. Entenda como divulgar na internet pode ajudar esse tipo de negócio e as principais estratégias adotadas para esse segmento. 

O que é marketing hospitalar digital?

O marketing digital para hospitais é uma forma de criar canais de contato para o futuro paciente desde antes de ele tomar a decisão de ir ao hospital. Através da criação de conteúdo digital a empresa obtém mais reconhecimento e faz o paciente sentir-se mais confiante a acolhido. Afinal de contas, os canais criados o ajudaram a entender melhor seus sintomas ou a especialidade que o paciente procura. 

A área é bastante específica. Ao contrário do que é utilizado em outras áreas, o marketing para hospitais não deve criar uma necessidade no lead ou possível consumidor. Na realidade, ações de marketing para saúde devem focar no bem-estar do paciente e, principalmente, em divulgar a qualidade do hospital. 

Assim, ele contribui para criar uma experiência positiva, que será lembrada mais tarde pelo usuário. Ou seja, quando precisar passar por um especialista ele visitará o hospital novamente. 

O que é a presença digital e sua importância para o marketing hospitalar

Quando alguém procura por especialidades oferecidas em um hospital ele precisa ser encontrado na internet. A presença digital é algo que faz toda a diferença para negócios que desejam crescer continuamente. Ela garante que possíveis consumidores possam entrar em contato com a empresa de diversas maneiras. 

Os meios digitais incluem redes sociais, site, blog para trabalho de SEO e até e-mail marketing. Todas são formas de manter contato no pré e pós-consulta. Quanto maior for a proximidade com o paciente, melhor será sua experiência no hospital. 

Aliando uma presença forte a estratégias de marketing digital para consultórios médicos e hospitais é possível manter uma imagem positiva para o público. E isso também ajuda a atrair novos pacientes e fazer com que os que já frequentaram o espaço não esqueçam dele. 

Estratégias de marketing hospitalar

Trabalhar com ações de marketing para saúde é parte do que ajudará a conquistar notoriedade na área, seja entre outros profissionais ou pacientes. No entanto, é uma ação delicada que precisa de muita atenção e expertise para ser realizada adequadamente. 

As principais estratégias usadas na área incluem criação de conteúdo e uso das ferramentas digitais para manter o contato com o paciente ou lead. Trouxemos alguns dos truques mais eficientes para quem deseja entender como melhorar seu trabalho online.

diretores de hospital debatendo sobre marketing hospitalar digital

1. Trabalhe com marketing de conteúdo 

Quem já procurou saber o que é marketing digital certamente ouviu falar no termo “marketing de conteúdo”. A ferramenta do conteúdo tornou-se bastante popular e vem sendo utilizada por diversas áreas, inclusive na área da saúde. 

Estratégias que utilizam a criação de conteúdo basicamente tentam oferecer ao público informações relevantes, que podem vir na forma de: 

  • Posts de redes sociais; 
  • Blog posts; 
  • Videoaulas; 
  • Lives; 
  • Stories; 
  • Webinários; 
  • Vídeos; 
  • E-books; 
  • Outros. 

Ao utilizar um desses formatos e fornecer informações relevantes seu público aproxima-se aos poucos da instituição de saúde. Oferecer algo para seu público dessa maneira gratuita cria uma laço importantíssimo para o marketing hospitalar: a confiança. 

Possíveis pacientes passam a prestar mais atenção nas postagens do hospital e a confiar mais nele. Assim, ele também assume a posição de uma referência em sua área, ou seja, de autoridade. 

2. Tenha um site e blog atualizados

Depois de trabalhar por um tempo com conteúdos relevantes, o site de qualquer empresa começa a receber um maior número de buscas. Isso é normal para um hospital que está tornando-se uma autoridade em sua área, novos clientes ou interessados podem procurar mais informação a seu respeito e sobre seus profissionais. 

Portanto, é essencial manter todos os dados do hospital atualizados. Como empresas de marketing digital podem explicar, a falta de informações corretas é prejudicial tanto para a experiência do usuário, quanto para o posicionamento do site nas ferramentas de busca. 

E quanto mais atualizado estiver seu portal, maiores as chances de ser indexado no Google e por outros buscadores. Além disso, é possível reduzir a quantidade de ligações e chamadas para tirar dúvidas. Quando o cliente consegue tudo que quer no site isso ainda ajuda a economizar no atendimento. 

3. Trabalhe com SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é uma ferramenta de digital decisiva para aumentar o tráfego de um site de hospital e ajudá-lo a conseguir seus objetivos na internet. São técnicas de otimização e de enriquecimento de conteúdo com o uso de palavras-chave que podem fazer toda a diferença para o digital e para o hospital ser encontrado nas buscas do Google e de outros buscadores nos assuntos que fazem diferença para o hospital e nos procedimentos e áreas pelo qual a instituição quer ser reconhecida. 

Apesar do SEO já ser usado há muito tempo por empresas de varejo, que competem palavra por palavra na internet, a técnica ainda é utilizada por poucos hospitais e pode se uma vantagem na região onde uma empresa de saúde atua. Com ele, é possível que um hospital, por exemplo, que não seja tão grande fazer frente a concorrentes muito maiores que ele, ao ser encontrado na primeira página dos buscadores nos termos que mais lhe interessam e que vão aumentar sua demanda de procedimentos. 

4. Use a internet para gerir a reputação do hospital

Hospitais precisam ser bastante cuidadosos com sua reputação e isso inclui a de todos os especialistas que trabalham neles. A reputação vale mais que a quantidade de convênios atendidos ou até mesmo recomendações da família. Mesmo uma boa campanha criada por uma agência de marketing médico terá problemas em trazer resultados quando os pacientes não veem a empresa como confiável. 

Além de se preocupar com campanhas de marketing hospitalar, também é importante gerir a reputação online do hospital. Para isso, use as redes sociais e site para mostrar como se importa com a segurança dos pacientes

Além de compartilhar todas as especialidades que atende, também mostre cuidados com higiene e segurança, por exemplo. Exibir rotinas de treinamento em posts institucionais também ajuda a tornar o hospital mais respeitável. 

Combinando a criação de conteúdo de valor e uma gestão de reputação adequada, o hospital consegue usar ferramentas digitais para atrair novos clientes de forma natural, não sendo necessário forçar a compra ou fazer anúncios invasivos. É isso que cria um relacionamento duradouro entre pacientes e negócios da área da saúde. 

Gostou de nossas dicas? Agora coloque-as em prática para ver os excelentes resultados. Se precisar, procure uma consultoria de marketing digital especializada em hospitais como a Eclinica. Profissionais capacitados trazem os melhores frutos para qualquer negócio.

equipe administrativa de hospital sentada à mesa planejando o marketing hospitalar e o marketing digital

Tipos de conteúdo para sites com foco em marketing hospitalar

Conseguiu entender um pouco mais sobre como o marketing para hospitais pode ajudar na sua gestão em saúde? Ainda temos muito conteúdo a cobrir para que sua empresa esteja aplicando tais estratégias de forma eficiente. E é exatamente sobre isso que vamos falar agora: conteúdo. 

Ele é parte importante do site e pode atrair clientes ou fazer com que prospects desistam de entrar em contato. Confira o que é possível incluir no site para levar sua divulgação ao nível máximo!

Blog post para marketing digital

O público que procura informações da área médica quer dados confiáveis. Afinal de contas, é muito difícil entender quais dos milhares de resultados que aparecem na busca do Google realmente foram criados por quem entende do assunto. A facilidade de publicar algo na internet tornou todas as informações disponíveis passíveis de dúvidas. 

Por isso, seu público-alvo está sempre em busca de informações e novidades nas quais possa confiar. Que tal aproveitar um pouco do seu amplo conhecimento no setor da saúde para criar blog posts? 

Essa é uma das melhores formas de trazer um fluxo contínuo de tráfego para seu site. Dezenas de pessoas fazem pesquisas relacionadas à saúde no Google diariamente e certamente seriam ajudadas pelo seu conteúdo. Para o marketing hospitalar isso significa que o blog gera uma conexão entre público e negócio que mais tarde pode se converter consultas e procedimentos. 

eBooks para de marketing digital

Podemos considerar os eBooks como um tipo de “continuação” para o conteúdo do blog. Os eBooks são materiais ricos e mais extensos para download que podem ser disponibilizados dentro do seu site. Enquanto o blog é dedicado a atrair tráfego e novos visitantes para o portal, essa outra mídia foca na conversão e geração de leads. 

Não entendeu muita coisa? Calma, vamos simplificar. No marketing digital os leads são pessoas possivelmente interessadas no que você tem a vender. Elas demonstram esse interesse ao deixar dados no site, como telefone, Whatsapp e e-mail. Quem deseja conseguir mais conversões precisa aplicar esse tipo de estratégia. 

O ideal é escrever eBooks com conteúdos ricos e muito valiosos para seu público-alvo. Afinal de contas, a pessoa precisa ter um retorno realmente interessante para ser convencida a deixar alguns dados antes de fazer o download. Tutoriais, guias sobre procedimentos e conteúdos mais técnicos são algumas das opções para esse tipo de material. 

Podcasts e vídeo

No mundo moderno nem todo mundo gosta ou tem tempo de ler. A realidade é que muitos das gerações mais novas fogem dos textos e estão sempre em busca de formas mais dinâmicas de consumir conteúdo. A ideia é encontrar maneiras simples, práticas e didáticas de explicar o que precisa para seu público ou consumidor. 

Uma ideia interessante é incluir conteúdo em áudio ou vídeo. Os famosos podcasts, por exemplo, estão ficando cada vez mais populares, especialmente para quem atende adultos atarefados que gostam de ouvir coisas informativas no trabalho ou até no trânsito. Eles podem ser episódios curtos de poucos minutos ou até áudios longos de 20 minutos ou 30 minutos. Tudo depende do comportamento do seu consumidor. 

Se sua intenção é trabalhar com esse tipo de conteúdo no site basta incluir uma nova aba para eles. Assim os usuários conseguirão encontrar o que desejam com maior facilidade.

equipe administrativa de hospital reunida de pé analisando o marketing hospitalar e o marketing digital por um tablet

Tipos de conteúdo para redes sociais no marketing hospitalar

As redes sociais também são parte importantíssima da sua gestão em saúde e estratégia de marketing hospitalar. Seu sucesso depende muito do conteúdo utilizado e da forma como ele é abordado. Muitos pensam que só de começar a postar no Instagram e no Facebook seu negócio já deve aumentar a visibilidade. 

Na realidade, é importante considerar também o formato das postagens, tom e linguagem antes de começar a fazer qualquer coisa. Trouxemos abaixo algumas dicas de conteúdos relevantes para suas mídias sociais e as melhores formas de abordá-los para conseguir mais resultado. 

Vídeos e IGTVs

Vídeos estão ficando cada vez mais populares online. Já mencionamos sobre algumas vantagens de usá-los para os sites, mas você consegue ainda mais resultado aplicando-os a redes sociais. 

Algumas plataformas, como o Instagram, são incrivelmente visuais. Ou seja, seus clientes raramente leem a descrição. Só o fazem quando algo na postagem provou-se realmente interessante para eles. Quer uma forma simples de captar sua atenção e praticamente forçar seu público a interagir? Use vídeos e IGTVs. 

Quando o usuário está conectado à internet, os vídeos começam a rodar automaticamente. Se forem relacionados a assuntos relevantes para o público-alvo, certamente o conquistarão. Quanto mais as pessoas virem seu conteúdo em vídeo, melhor será para sua conta. 

Os IGTVs são um tipo de vídeo mais longo (acima de 1 minuto) que você também tem a possibilidade de usar. Basta criar conteúdos no formato vertical (como se fosse um story) e postá-lo usando a ferramenta. É uma forma excelente para explicar detalhes da sua operação, apresentar especialidades e mostrar nas redes sociais as vantagens do hospital. 

Fotos e divulgação profissional

Já ouviu falar em humanização das redes sociais? Esse conceito está ganhando força no marketing hospitalar. A intenção é mostrar pessoas que estão por trás de todo o processo para fazer o usuário se sentir acolhido. Uma ideia que ajuda a contribuir para a humanização é mostrar sua equipe online, por exemplo. 

Mesmo que seja somente através de fotos, você já consegue divulgar um pouco sobre especialidades e a função de cada um. Assim, o usuário começa a ver um pouco dos rostos por trás do marketing e reconhecer os profissionais que o atendem na rotina do hospital. Aproveite para mostrar especialidades e, se possível, trabalhar com pequenos vídeos sobre cada uma.  

Depoimentos de clientes

Hoje em dia depoimentos são uma das ferramentas mais poderosas que você pode incluir nas suas redes sociais. Eles mostram para seus possíveis clientes como outras pessoas se sentiram em seu lugar. Um depoimento positivo que engaje com seu público-alvo é o suficiente para fazer a diferença entre um contato e alguém que desistiu de procurar seu negócio. 

Que tal começar a criar materiais para seu site e redes sociais usando as dicas que trouxemos nesse artigo? Use o marketing hospitalar para conseguir trazer ainda mais visibilidade e reconhecimento para seu hospital. Aproveite a comunicação para tornar-se referência na área e conseguir mais consultas, exames e procedimentos.

mãos de quatro pessoas trabalhando marketing hospitalar com laptops e gráficos

Ferramentas mais relevantes no marketing hospitalar

Preparado para prosseguir com seu plano de marketing hospitalar? Existem algumas ferramentas muito usadas por toda agência de marketing digital que auxiliam no processo. Isso inclui a escolha de palavras-chave, gestão de canais de comunicação e até publicação de conteúdo. 

A realidade é que a gestão em saúde é um processo complexo, demorado, e que muitas vezes exige que o gestor faça diversas atividades ao mesmo tempo. Quanto mais simples sua rotina de marketing digital para clínicas e hospitais for, maiores as chances de obter sucesso. Por isso é fundamental que você contrate empresas especializadas, como a Eclínica, para auxiliá-lo com os trabalhos de divulgação. 

Selecionamos algumas das principais ferramentas de marketing digital que você precisará para trabalhar nos próximos meses. Confira abaixo a lista completa e comece a conquistar novos pacientes com as estratégias que já mencionamos nesse artigo. 

1. Automação de e-mail no marketing digital para médicos

Apesar de não ter recebido tanta atenção nos últimos anos, o e-mail marketing permanece tão relevante quanto antes. Uma prova disso é seu uso difundido entre profissionais e por agencias de marketing digital para médicos em todos os cantos do País. Ele é uma forma simples de comunicar-se com pacientes sem se tornar excessivamente invasivo. 

Utilizar e-mails ajuda na fidelização do cliente, lembrando-o de fazer novos agendamentos e visitas, e também para captar interessados. Alguém que entrou no seu site, por exemplo, pode inscrever-se para saber mais em um formulário ou assinar uma newsletter. 

O verdadeiro valor do e-mail marketing está em saber trabalhar com esses contatos que já mostraram interesse em seus serviços. Estava pensando que precisaria separar os contatos manualmente e disparar e-mails do seu servidor? Existem ferramentas de automação que fazem isso sem que você precise gastar seu tempo!

São muitas opções no mercado, como RD Station e Leadlovers. Através delas é possível criar funis de disparos, que podem incluir: 

  • E-mail de boas-vindas; 

  • Atualização de conteúdo da newsletter; 

  • Novidades e lançamentos; 

  • Lembretes de agendamentos de consulta; 

  • Entre outros. 

As opções são praticamente infinitas! O melhor de tudo é que você consegue continuar gerando valor para o lead adquirido pelo site sem precisar se preocupar em enviar e-mails o tempo inteiro. 

2. Ferramentas para automatizar o atendimento para a gestão de clínicas

Mesmo o melhor marketing de conteúdo não vai gerar conversões para seu hospital se você falhar no quesito atendimento. Pacientes podem adorar seu site, interagir muito com as redes sociais e ainda assim ficarem insatisfeitos quando entrarem em contato via inbox. Além de ter uma equipe muito bem treinada, é essencial trabalhar com ferramentas que ajudem no processo. 

Alguns hospitais já adotam a automação para simplificar seus processos e responder com mais velocidade. Isso significa que, quando um paciente entra em contato, o bot de atendimento já tira suas principais dúvidas e o direciona para o setor responsável. Tais ferramentas podem ser utilizadas nas caixas de entrada de redes sociais e até no Whatsapp. 

Quem possui um volume muito grande de contatos certamente pode aproveitar esse tipo de solução. É muito melhor que deixar pacientes esperando vários minutos por uma resposta a sua pergunta. Já usamos tais softwares para otimizar o atendimento telefônico há tempos, então por que não adaptá-los para o marketing hospitalar? 

3. Integração com softwares e apps de gestão em saúde

Um possível paciente encontrou sua especialidade de ortopedia pelo Google e logo começou a informar-se através de seu blog. Assim, ele descobriu que o hospital possuía especialistas que poderiam tratar sua tendinite de forma adequada e resolveu agendar uma consulta. Isso significa que o marketing digital obteve sucesso, não é mesmo? 

Não exatamente, porque sua jornada ainda não terminou! É importantíssimo ser capaz de acompanhar o paciente durante toda a sua passagem pelo hospital e ainda conseguir fidelizá-lo. Para isso, você deve acompanhar esse paciente após ele deixar o ambiente digital através dos softwares de gestão usados no hospital. 

Através de um sistema de gestão, por exemplo, é possível saber quando pacientes estão sem visitar o hospital há alguns meses. Dessa forma, a equipe de marketing pode programar disparos de e-mails para trazê-lo de volta. 

4. Sistema de gestão de conteúdo (CMS)

O CMS (abreviação de content management system, em inglês) é uma ferramenta usada no marketing médico e marketing odontológico para gerenciar o site e tudo que é postado nele. A ferramenta mais usada atualmente é o WordPress, com 30% de todos os sites da internet. 

Mas por que investir nisso sendo que o desenvolvedor já deixou o site perfeito e lindo para seu hospital? Basicamente, o CMS simplifica a atualização. Ao invés de precisar recorrer ao desenvolvedor a todo momento, o próprio gestor de marketing pode incluir informações, atualizar dados, postar fotos e até blog posts. 

Quem procura um sistema intuitivo e otimizado para SEO pode optar pelo próprio WordPress. Essa ferramenta atende a todas as necessidades do marketing hospitalar e pode ser integrada a plugins e códigos que auxiliam na divulgação. 

5. Facebook Ads e Google Ads

As ferramentas de anúncios são essenciais para obter sucesso em qualquer estratégia de marketing hospitalar. É através deles que seu negócio consegue alcançar um público mais amplo e com grandes chances de engajar com o conteúdo e fazer um agendamento. No entanto, isso deve ser feito de maneira estratégica. 

Portanto, quem deseja incluí-los em processos de marketing precisa aprender a utilizar ferramentas para seu gerenciamento. Ambas as plataformas possuem setores específicos para anúncios, o Facebook Ads e o Google Ads. Eles devem ser integrados às redes sociais da empresa e site para acompanhar tráfego e conversões. 

Inclua tráfego pago através das ferramentas corretas para conseguir resultados ainda melhores. 

6. Facebook Business Manager

É possível gerenciar páginas de um negócio no Facebook somente entrando no facebook.com. Mas essa não é a melhor estratégia! Considerando as necessidades de empresas que utilizam a rede, o Facebook lançou há muito tempo seu Gerenciador de Negócios. 

Ele possui configurações mais avançadas e detalhadas para cada página. Além disso, permite visualizar de forma muito melhor relatórios e dados do público. Também é através dele que o gestor consegue acessar o Gerenciador de Anúncios e Gerenciador de Comércio, especialmente indicado para quem tem e-commerce. 

Por acaso você já possui uma página, mas nunca a acessou através do Business Manager? Nesse caso acesse o site business.facebook.com e faça seu login normalmente. Agora você tem acesso a toda a infinidade de recursos profissionais do Facebook. 

7. Google Meu Negócio

Já ouviu falar no Google Meu Negócio? Para entender melhor faça uma pesquisa local no Google, como “hospital em Belém” e verifique os resultados. Algumas clínicas aparecem logo no topo da página, ou ao lado, junto a um mapa e alguns detalhes, como horário de funcionamento e endereço. 

Esses resultados são fichas do Google Meu Negócio. Essa ferramenta foi especificamente criada para que negócios locais possam ser encontrados com maior facilidade na ferramenta de busca. 

Mantê-la sempre atualizada ajuda seu hospital a ganhar destaque nas buscas. Além disso, melhora muito a experiência do usuário, já que permite que você seja encontrado com facilidade junto de informações cruciais para agendar uma consulta. 

8. Apps para edição de vídeo no marketing hospitalar

Depois de começar a criar conteúdo você perceberá que não existe como escapar dos vídeos. Eles têm ganhado força, especialmente depois que o Instagram lançou os Reels e o IGTV para trazer uma variedade ainda maior de formatos. 

Recomendamos procurar desde o início apps e programas adequados para a edição de vídeos. Muitas peças mais simples podem ser feitas no próprio smartphone. Caso queira algo mais profissional, contrate uma empresa especializada, como a Eclínica.

médica de estetoscópio usando tablet

Erros mais comuns do marketing hospitalar

Para conseguir ter um marketing eficiente para qualquer hospital ou clínica é necessário experimentar, e muito. Isso também quer dizer que alguns estão fadados a cometer erros e isso não é nenhum pecado. O importante é aprender a identificá-los para conseguir corrigi-los o mais rápido possível. 

Vale a pena lembrar que alguns erros de marketing digital podem fazer com que seu negócio perca agendamentos e possíveis pacientes. Confira os erros mais comuns para conseguir corrigi-los ou evitá-los:

1. Ignorar pacientes atuais

A equipe comercial está ficando maluca por precisar prospectar novos pacientes todos os dias. É claro que eles precisam fazer isso, mas será que correr atrás de pessoas completamente novas é a melhor opção? Quem trabalha com marketing sabe de um segredo: o cliente que já está na casa é sua chave para o sucesso. 

O motivo é simples. Quem já é ou foi paciente do seu hospital já conhece a qualidade do serviço e, caso esteja satisfeito, até já ajuda em sua divulgação no marketing boca a boca. Certamente essa pessoa não terminou sua jornada em relação à saúde. Eventualmente ela precisará visitar um especialista, realizar exames ou até mesmo cirurgias. 

É nesse momento que seu hospital deve aparecer como uma opção viável. Considerando que esse paciente já o conhece e o custo para convertê-lo será muito mais baixo. Manter uma estratégia que contemple esses usuários ajuda a otimizar os agendamentos e vendas e a fidelizar pacientes com ainda mais frequência. 

2. Trabalhar somente com conteúdo generalista

Considerando que o marketing está sendo desenvolvido para um hospital muitos pensam que o conteúdo deve estar focado em generalidades da área da saúde. Esse é um grande erro que diminui seu alcance e engajamento nas redes sociais e ainda lhe faz perder chances de conquistar novos pacientes. 

O conteúdo generalista, como dicas para manter um estilo de vida saudável e até cuidados para prevenir doenças comuns, precisa existir sim. Mas sempre combinado com especialidades. Isso mostra ao possível paciente que seus profissionais realmente são especialistas no que fazem e ajuda a construir autoridade e até a posicionar o site do hospital em palavras-chave mais relevantes. 

Mesmo temas mais técnicos frequentemente mostram-se úteis para conseguir mais conversões. Isso acontece porque quando o usuário chega a buscá-los já passou por parte de sua jornada de compra e está convencido a agendar uma consulta. 

3. Não criar uma experiência multicanal no marketing hospitalar

Atualmente ficou muito fácil ir de um canal de contato com a marca para o outro. Do Facebook usuários conseguem ir ao Instagram, depois ao site e finalmente chegar ao Whatsapp para finalizar seu agendamento. No entanto, muitos hospitais sentem dificuldades de acompanhar essa experiência multicanal. 

Alguns pontos ajudam a manter a experiência consistente em todos os pontos de contato: 

  1. Identidade visual coerente, que se mantém em todos os meios de comunicação da empresa; 

  2. Excelência em atendimento, seja por e-mail, Whatsapp ou telefone, com uma equipe bem treinada; 

  3. Ferramentas de gestão de clientes para conseguir manter os dados coletados em um meio de comunicação e utilizá-los em outros. 

Isso vale para qualquer ponto de contato que o cliente venha a ter com o hospital. Válido inclusive para redes sociais, seja nos comentários ou no direct. 

4. Usar conteúdo muito focado em vendas

Focar demais em vendas ou agendamentos é um pecado mortal. Está na dúvida se suas redes sociais têm sofrido com esse problema? Verifique quantos posts são chamadas para realizar um agendamento ou divulgação dos canais de atendimento do negócio. 

A realidade é que ninguém está nas redes sociais para receber panfletos de um negócio da área da saúde, mas sim para ser entretido e informado. Seu Facebook e Instagram também precisa exercer esse papel. Tente sempre distribuir as postagens para manter pelo menos metade do conteúdo informativo. 

Ajude seu possível paciente a entender pelo que está passando e fale sobre dicas ou curiosidades. Os leads obtidos através das redes sociais naturalmente entrarão em contato após construírem um relacionamento de confiança com o hospital. 

5. Deixar de interagir com os usuários

O sonho de qualquer agência de marketing digital é fazer uma publicação que receba dezenas de comentários, curtidas e compartilhamentos. No entanto, o sonho vira um pesadelo quando o post com muito engajamento não recebe respostas para seus comentários. 

Seu seguidor fez uma pergunta ou comentou sua publicação esperando uma resposta. Caso não a receba acabará frustrado e suas chances de interagir com posts posteriores cai. Além disso, deixar de responder também faz com que você perca leads muito interessados no que seu negócio tem a oferecer. 

O ideal é responder tudo que for comentado nas redes sociais. Seja uma piada ou um elogio, qualquer interação que você tiver com os leads nas redes sociais será positiva.

 

Os comentários estão encerrados.