redes sociais e SEO impulsionam a gestão em saúde e o marketing médico
Gestão em saúde: como as redes sociais e o SEO com blog podem impulsionar o agendamento
25/06/2020
mulher ao computador como um blog ajuda no marketing médico e no marketing para dentistas
Como um blog pode ajudar no marketing médico e no marketing para dentistas
07/07/2020

Entenda como o marketing digital pode auxiliar na gestão hospitalar.

grupo de gestores hospitalares em reunião entenda como o marketing digital pode ajudar na gestão hospitalar

Já pensou em uma estratégia eficiente para divulgar um hospital, garantindo sua reputação ao mesmo tempo que atrai novos clientes? O marketing digital para a área da saúde está se tornando cada vez mais relevante, inclusive para a divulgação de hospitais e organizações similares. Entenda por que trabalhar online é imprescindível e como esse trabalho pode até ajudar tanto no marketing para hospitais quanto na gestão hospitalar.

Principais desafios da gestão hospitalar

Gerir um hospital é algo bastante complexo, especialmente por seu relacionamento com organizações de classe profissionais, fontes pagadoras e agências reguladoras. Essas entidades muitas vezes fazem pressão sobre o negócio, fazendo com que ele precise enfrentar desafios e dificuldades que outros setores não conhecem.

Além disso, um hospital precisa preocupar-se com o fato de vender serviços relacionados à saúde de seu consumidor final. Algumas características do próprio serviço hospitalar o tornam mais difícil de divulgar ou de trabalhar seu marketing, incluindo:

  • Intangibilidade: serviços sem características físicas e que são realizados no momento da “compra”;
  • Variação: o fator humano presente dentro do hospital faz com que seja impossível padronizar completamente os serviços. Existe uma diferença de acordo com quem o realiza;
  • Perecibilidade: não é possível armazenar serviços de um hospital. Portanto, sua gestão precisa preocupar-se com a manutenção da lucratividade em momentos de baixa considerando que não se poderá utilizar mais tarde os atendimentos ou exames não realizados.

Manter um hospital rodando adequadamente, com um padrão de qualidade de serviços e boa divulgação é desafiador. No entanto, com a ajuda do marketing estratégico para a área da saúde é possível superar algumas dessas dificuldades.

Como ações de marketing para saúde auxiliam na gestão hospitalar

O principal objetivo de um hospital é cuidar de vidas e trazer o bem-estar ao consumidor final. Talvez pareça algo simples, mas para a área da comunicação isso significa que surge uma série de obstáculos no caminho de uma divulgação eficiente. O que outras empresas usam para vender serviços e produtos pode ser considerado como oportunista, por exemplo, e causar sérios prejuízos à reputação do negócio.

Na realidade, o marketing é uma ciência que tenta entender o mercado e o comportamento do consumidor. Ele também estuda a atuação de competidores ou organizações similares que possam atrair seus clientes. E a intenção é encontrar formas de oferecer serviços cada vez mais atraentes ao público-alvo.

E para o segmento de hospitais, o que é marketing digital? Como ele pode ajudar? Ao entender melhor seu consumidor, a gestão pode tomar decisões mais assertivas. Seja na hora de abrir uma nova unidade ou de introduzir outros exames e serviços. Os profissionais de marketing ajudam na tomada de decisões para que ela aconteça de forma mais estratégica.

Marketing digital para a área da saúde deveria ser só publicidade?

Um dos maiores erros cometidos por qualquer organização da área da saúde é considerar o marketing digital como publicidade. Usá-lo somente na hora de conseguir novos clientes é um erro que pode trazer até prejuízo para um negócio desse tipo.

Primeiramente, o marketing digital deve ser considerado mais como uma ferramenta de comunicação com o consumidor do que de divulgação. Por sua natureza única, o marketing para hospitais não pode ou deve criar novas necessidades no consumidor. No entanto, nada impede que ele seja usado para informar e aproximar as duas partes.

Ao usar o marketing como uma forma de ludibriar o paciente, como fariam outras empresas, um hospital corre ainda mais risco. Ele prejudica seus valores éticos e ainda pode ser notificado por Organizações de Classe, como o CFM (Conselho Federal de Medicina), que proíbem tais práticas. 

O que é marketing digital na gestão hospitalar?

De maneira simplificada, o marketing para hospitais é um conjunto de estratégias que unem médicos, corpo de atendimento e áreas de apoio para gerar uma comunicação eficiente. Ao invés de despertar uma necessidade no cliente e gerar demanda, o setor se preocupa em transformar o hospital em uma referência.

As estratégias de marketing para consultórios médicos e hospitais gerem a reputação do negócio. Elas controlam crises e criam uma série de pontos de contato entre um possível paciente e o hospital. Ou seja, antes mesmo de começar a ser atendido o paciente já começa a desenvolver sua experiência positiva (ou negativa).

Através das atividades em sinergia de todas as equipes o paciente se sentirá mais acolhido e terá maior probabilidade de retorno. Um bom trabalho de marketing para hospitais em sua gestão hospitalar também aumenta as taxas de indicações para a organização.

Principais estratégias de marketing para consultórios médicos e para gestão hospitalar

Apesar de possuir muito do marketing em geral, o marketing enfocado em hospitais usa estratégias um pouco diferentes. Atualmente o marketing digital tem ganhado destaque no setor, mas deve ser usado com bastante cautela. O setor da saúde possui diversas questões regulatórias e éticas que influenciam no tipo de campanha e trabalho que pode ser realizado.

Algumas das principais estratégias de marketing digital para médicos e hospitais consistem em criar um maior número de pontos de contatos. Isso acontece através do uso de redes sociais, de um site bem posicionado e de muito conteúdo de qualidade.

A intenção é mostrar que o hospital realmente entende aquilo que o possível paciente precisa. Só depois ele poderá ser convencido a entrar em contato ou agendar sua consulta. 

Ferramentas de marketing digital indicadas para gestão hospitalar

Para gerar a presença digital que mencionamos no tópico anterior é importante utilizadas algumas da ferramentas de marketing digital mais eficientes. Confira o que pode ser incluído na sua estratégia de digital para obter maior sucesso.

SEO

Antes de buscar qualquer hospital ou clínica o possível paciente procura assuntos relacionados à saúde nas ferramentas de busca. Pesquisas indicam que pelo menos 26% dos brasileiros recorrem ao Google antes de procurar qualquer serviço de saúde.

Algumas vezes o objetivo da busca é entender melhor seus sintomas e o que podem indicar. Em outras, é para tirar dúvidas sobre procedimentos e exames que precisam fazer. Mas também existem as buscas feitas diretamente para escolher o melhor hospital ou clínica.

Por isso, o marketing digital precisa utilizar estratégias de SEO para que o hospital seja priorizado nos resultados de busca. Essas estratégias trabalham com otimização de texto e do site para deixá-lo mais amigável para tais ferramentas. Como resultado, o site passa a aparecer entre os primeiros resultados para palavras-chave relevantes para seu público.

O SEO deve ser aplicado em todos os conteúdos do site e também na programação. Alguns itens, como velocidade de carregamento da página e downtime, ainda dependem da hospedagem escolhida. Na dúvida, vale a pena contratar uma empresa de marketing digital para auxiliar no processo.

Anúncios pagos

Falamos anteriormente sobre como o SEO ajuda o hospital a aparecer nos primeiros resultados em ferramentas de busca. No entanto, estávamos falando sobre resultados orgânicos. Existe uma outra forma de aparecer para seu público e chamar mais atenção: anúncios pagos.

Eles podem ser realizados no Google, Youtube, Facebook ou Instagram para aumentar a visibilidade do seu negócio. Existem diversas maneiras de usá-los, seja para aumentar a interação em um perfil ou para conseguir novos contatos para o setor de atendimento.

Também é possível aproveitar os anúncios para divulgar novidades no hospital que o tornam diferente da concorrência. A divulgação de novas unidades e serviços exclusivos também pode acontecer em anúncios, contanto que siga as orientações e regras do CFM.

Gerenciamento de redes sociais

Para alguns a ideia de usar as redes sociais para o marketing digital para a área da saúde parece estranha. Essas redes são feitas para interagir socialmente e organizações do tipo costumam lidar com suas comunicações de maneira mais formal e longe do consumidor final. Esse é o grande problema!

Consumidores atuais procuram estar mais próximos das marcas que consomem, isso também é válido para o segmento da saúde. A população com acesso à internet e, consequentemente, às redes sociais, não pára de crescer. A cada dia que passa essas pessoas usam as redes para informar-se sobre saúde e certamente adorariam ver conteúdo mais confiável e relevante.

Trabalhar com Instagram e Facebook é uma excelente maneira de abrir novos canais de comunicação. Eles podem humanizar a marca e trazer uma comunicação mais assertiva e compreensível para o paciente.

Para conseguir sucesso em qualquer rede social um hospital precisa de:

  • Uma identidade visual bem definida;
  • Descrições precisas e resumidas;
  • Geração de conteúdo com recorrência;
  • Postagens em diversos formatos.

Quanto mais você explorar as redes sociais, melhor será o alcance e presença digital desse tipo de negócio.

E-mail marketing

Não acredite quando disserem que o e-mail está morto! Pelo contrário, ele continua vivo e permanece sendo uma ferramenta de comunicação eficiente, especialmente para produtos e serviços com um longo ciclo de compra.

Na área da saúde o e-mail marketing é especialmente eficiente por ser uma forma de comunicação menos invasiva. Ao invés de enviar mensagens por Whatsapp toda semana para o lead, é melhor enviar um e-mail com as informações que precisa.

Além disso, essa ferramenta serve para aquecer e colaborar para a fidelidade de pacientes antigos que ainda não voltaram para novos atendimentos. Assim é possível manter os leads mais aquecidos e sempre com o hospital na memória. Quando decidirem voltar para uma consulta ou procedimento as chances de entrarem em contato são mais altas. 

Marketing de conteúdo

Qualquer agência de marketing digital para médicos sugere investir em marketing de conteúdo. Essa estratégia é eficiente a médio e longo prazo e ajuda a construir a reputação de um hospital, bem como para nutrir e atrair clientes, sejam eles novos ou antigos. 

Quem trabalha com marketing de conteúdo deve criar e distribuir diversos tipos de posts de alto valor para o público final. No entanto, antes de começar a utilizá-lo, é importante conhecer muito bem seu público e suas necessidades. 

Quanto mais relevante for o conteúdo criado, melhor será para estabelecer uma conexão com o público. Isso pode ser feito através de diversos formatos, como: 

  • Blog posts; 
  • Tutoriais; 
  • Infográficos; 
  • Tira-dúvidas; 
  • Vídeos; 
  • Lives; 
  • Stories para Instagram; 
  • Webinários; 
  • E-books.

Empresas de marketing digital tentam criar estratégias que utilizem conteúdos sempre conectados. É a melhor maneira de orientar o paciente ao longo de sua jornada de compra ao mesmo tempo que garante uma imagem de especialista para o hospital. 

Dicas para começar a trabalhar com marketing médico em sua gestão hospitalar

O marketing médico é algo complexo e que exige muito estudo e paciência. O primeiro passo para trabalhá-lo é estudar sua organização para conseguir definir objetivos e metas para o esforço de marketing. Para isso, é recomendado unir as necessidades de todos os setores. 

Afinal de contas, uma boa estratégia consegue melhorar vendas e agendamentos e satisfação do consumidor. Lembre-se de incluir metas e métricas para o acompanhamento. Caso contrário, as chances de se perder no marketing e não conseguir identificar resultados são altas. 

Criamos um passo a passo resumido para quem deseja começar a trabalhar com marketing digital hospitalar, confira: 

  1. Defina objetivos claros: separe objetivos de acordo com curto, médio e longo prazo e sempre dê preferência para aqueles que podem ser medidos; 
  2. Analise o cenário atual: é importante entender as dificuldades do cenário atual, assim como assuntos delicados sobre os quais o hospital deve tratar (ou não deve) em suas comunicações; 
  3. Estude seu público: além de elaborar um perfil de público-alvo, crie personas para cada tipo de serviço ou objetivo do hospital. Assim você conseguirá criar conteúdos mais assertivos para cada um; 
  4. Escolha métodos e canais de comunicação: apesar de todos os canais serem relevantes, é bastante difícil conseguir trabalhar com todos de forma eficiente. Escolha as redes sociais onde seu público está mais presente e determine quais tipos de conteúdos têm maiores chances de impactá-lo; 
  5. Defina o orçamento: antes de começar a trabalhar com anúncios pagos defina o orçamento e verifique se é o suficiente para atingir o resultado desejado; 
  6. Trabalhe com frequência: de nada adianta criar ótimos conteúdos se as postagens ocorrem uma vez por mês. Redes sociais precisam de trabalho com posts rotineiros, pelo menos duas vezes na semana. 

Seguindo esses passos básicos já é possível iniciar suas estratégias de marketing digital. Mas lembre que essa área é bastante delicada e precisa de muita atenção aos detalhes. Caso ache necessário, procure uma consultoria de marketing digital como a Eclinica para auxiliar.

Os comentários estão encerrados.