saguão de hospital saiba mais sobre marketing hospitalar na internet
Como a internet pode alavancar o seu marketing hospitalar
15/06/2020
grupo de gestores hospitalares em reunião entenda como o marketing digital pode ajudar na gestão hospitalar
Entenda como o marketing digital pode auxiliar na gestão hospitalar.
02/07/2020

Gestão em saúde: como as redes sociais e o SEO com blog podem impulsionar o agendamento

redes sociais e SEO impulsionam a gestão em saúde e o marketing médico

Com o aumento da concorrência e as mudanças em padrões de comportamento do público não basta ser um excelente hospital ou clínica para ter destaque. Garantir uma quantidade de agendamentos adequadas e um bom público exige estratégia, marketing médico e uma excelente gestão em saúde. 

Sabendo disso, separamos algumas estratégias que qualquer gestor de sucesso deve aplicar em seu negócio na área da saúde. Entenda como usar redes sociais, um bom site com SEO e blog para aumentar as conversões de suas campanhas. É só continuar a leitura. 

Como a gestão em saúde e o marketing médico evoluíram nos últimos tempos

O marketing para hospitais, e o marketing estratégico para a área da saúde de forma geral, já foi muito diferente. Há alguns anos a maior parte do material de divulgação dessas instituições era feita em material impresso. Panfletos, folders e outdoors eram a principal forma de comunicação com o cliente e futuro paciente.

Uma estratégia de marketing médicos era criada nos escritórios e depois ia para a rua. De lá, era muito difícil medir os resultados e saber exatamente o que funcionou ou não. De qualquer forma, o mercado era menos complicado. 

Gerações passadas não tinham o costume de pesquisar antes de contratar serviços de saúde. Era muito mais comum ir sempre ao mesmo hospital, clínica ou médico, seguindo a tradição familiar ou a indicação de conhecidos. Hoje, a maior parte das pessoas pesquisa antes de visitar um especialista ou quando sente qualquer tipo de sintoma diferente. 

O aumento da concorrência também motivou essa mudança. Pacientes têm um maior número de opções e contato frequente com negócios da área da saúde. Eles podem ver avaliações, recomendações online e até pedir sugestões em grupos e páginas. Ou seja, a escolha deixou de ser baseada somente em uma simples indicação. 

Mudanças na gestão em saúde

É claro que a revolução digital não atingiu só a vida dos pacientes. A gestão em saúde também sofreu muitas alterações com processos que deixaram de ser analógicos e passaram a fazer parte de sistemas. Mesmo um simples prontuário hoje em dia não é mais feito à mão pelo médico, mas digitado no computador e incluído na ficha do paciente. 

Agendamentos também estão mudando. Muitos têm procurado comunicar-se através do Whatsapp, redes sociais ou aplicativos. O cliente quer mais praticidade e hospitais precisam mudar para adaptar-se à isso. 

Como resultado, o gestor passa a tomar decisões mais precisas e assertivas. Afinal de contas, processos digitais permitem uma coleta de informações mais detalhada e aumentam a proximidade entre paciente e hospital. 

Tudo isso pode ser usado para o benefício do hospital ou clínica, aumentando o número de agendamentos e de pacientes. Continue lendo para entender como aplicar o marketing a sua gestão e obter os melhores resultados. 

Como usar marketing hospitalar e marketing médico para aumentar agendamentos

Implementar o marketing em hospitais e negócios da área da saúde é um processo que pode ser feito de maneira gradual. Muitos começam adaptando a própria equipe interna da empresa para lidar com a divulgação online. Depois de criadas as redes sociais começam as postagens e é aí que muitos se enganam. 

Parece algo fácil, não é mesmo? Basta postar nas redes sociais e esperar os resultados começaram a aparecer. No entanto, estratégias de marketing para consultórios médicos possuem suas nuances. 

Primeiramente, é preciso conhecer muito bem os serviços oferecidos pelo hospital. Ou seja, fazer um levantamento de todas as especialidades, exames e procedimentos realizados. Você também deve saber quais necessidades eles atendem e quando seu potencial cliente costuma procurá-lo. 

Aí entramos numa outra parte essencial da estratégia de marketing: o conhecimento de seu público. Entender para quem você deseja vender é tão importante quanto saber tudo sobre seu próprio produto! Portanto, antes de adotar as técnicas e ferramentas de marketing digital do marketing médico que descreveremos à frente, faça uma análise disso. 

Objetivos do marketing para hospitais e para gestão em saúde

Além de realizar uma boa análise de público-alvo, é importante definir objetivos da estratégia de marketing. Para isso, departamentos de marketing e gestão em saúde devem estar alinhados, fazendo com que a divulgação traga resultados relevantes para toda a organização. 

Entre os objetivos de uma campanha de marketing é possível incluir: 

  • Divulgação de planos e pacotes para pacientes e grupos específicos; 
  • Engajar a comunidade em geral para trazer maior visibilidade ao hospital; 
  • Aumentar o número de agendamentos. 

Uma observação: caso seja necessário, dá para trabalhar com todos os objetivos simultaneamente. Ainda assim, é essencial estabelecer uma ordem de prioridades para saber como lidar com o planejamento de marketing. 

Ferramentas de marketing digital essenciais na estratégia da gestão em saúde

Os canais digitais parecem a solução definitiva para quem sempre desejou investir em marketing de maneira eficiente. Além de oferecerem mais opções de direcionamento, eles também são melhores para mensurar e acompanhar campanhas. 

Ou seja, não é nada como lançar um Outdoor e esperar que as pessoas certas o vejam. É mais como posicionar um sniper para acertar exatamente quem precisa ver o conteúdo. Com as ferramentas certas é possível conseguir maior retorno do investimento. 

É claro que alguns que trabalham com de clínicas e consultórios sentiram-se confusos com a transição digital. São tantos canais de divulgação possíveis e muitas formas de usá-los. Então como direcionar o marketing médico para conseguir os melhores resultados possíveis? 

A resposta é simples: selecione as ferramentas mais estratégicas para o seu marketing digital. Para ajudar, trouxemos uma lista dos métodos que mais auxiliam nas estratégias digitais para hospital e no marketing saúde como um todo.

Redes sociais e SEO impulsionam a gestão em saúde e o marketing médico

1. Site hospital e site clínica

Consideramos o site de um hospital ou clínica como o primeiro passo para realizar sua estratégia de marketing digital médico. Ele é a oportunidade perfeita que gestores têm de mostrar tudo que seu negócio pode oferecer aos clientes. De tecnologia a especialidades, e até planos de saúde que atendem. 

Uma dica para criar o site perfeito é caprichar nas informações. Inclua dados sobre os profissionais que atendem na instituição, os serviços e especialidades que o hospital ou clínica oferecem, os equipamentos de ponta que possui e tudo mais que um paciente possa querer saber antes de agendar uma consulta.

A intenção é deixar seus leads extremamente confiantes e confortáveis para entrar em contato. Também tenha um site rápido para carregar, responsivo e de simples navegação. Quanto menos cliques o usuário precisar dar para alcançar o local que deseja, melhor. 

Por último, sempre invista em sites com otimização mobile. O uso da internet através de smartphones e outros dispositivos móveis não para de crescer. Ter um portal que não se adapta a eles é um verdadeiro tiro no pé que uma instituição de confiança não pode cometer. 

2. SEO com foco em serviços e localização

O comportamento de compra moderno geralmente começa em uma ferramenta de buscas. Certamente as indicações permanecem válidas, mas sabemos que o mais comum é que possíveis pacientes procurem a especialidade que desejam na internet e depois leiam um pouco no site institucional da empresa. 

Por isso, o SEO deve estar presente na gestão em saúde. A search engine optimization é uma maneira de tornar o site mais relevante para as ferramentas de busca, como o Google. Assim, quando o usuário procurar uma palavra-chave relacionada ao hospital, o resultado estará em destaque. 

Recomendamos investir em SEO que foque em palavras-chave locais e de especialidades. É muito mais comum que alguém procure “oftalmologista belém” do que “onde encontrar um oftalmologista”. 

Antes de começar qualquer trabalho faça um levantamento das palavras locais relacionadas ao seu negócio. Elas serão a base de sua estratégia de SEO de marketing digital e ajudarão a aumentar consideravelmente o número de acessos no site e agendamentos. 

3. Conteúdo em vídeo para plataformas digitais

Quantos vídeos você produz mensalmente para usar nas redes sociais e site? Se a resposta foi “não faço vídeos” está na hora de mudar. Esse tipo de conteúdo é uma das principais tendências em meios digitais, inclusive no marketing digital médico. Usuários os enxergam como uma forma de facilitar o consumo de conteúdo mais denso e complexo, algo que é postado com frequência em páginas e perfis hospitalares. 

Eles devem ser usados como informativos, ajudando a manter a atenção do usuário. Muita gente simplesmente pula um “textão” que ocupa todos os 2.200 caracteres do Instagram. Mas essas mesmas pessoas assistem a um IGTV de 1 ou 2min sem problemas. Ou seja, a tendência é aumentar a retenção do usuário com vídeos. 

Além disso, eles são excelentes para a conversão em sites e landing pages. Pesquisas mostram que incluir vídeos em campanhas de marketing aumenta a conversão em até 34%. Já em sites e landing pages o resultado é ainda maior, trazendo um aumento de até 80%. 

4. Criação de posts com um objetivo

Falamos a respeito do objetivo no início deste artigo, mas a realidade é que todos os conteúdos devem ter um foco. Simplesmente abrir as redes sociais e postar algo que você considera interessante não traz resultados. A criação de um calendário de conteúdo aleatório também é pouco eficiente. 

Quem deseja um marketing digital de qualidade precisa ter objetivos e segui-los em cada postagem. Defina exatamente para quem esse conteúdo é direcionado, qual sensação deve passar e que ação seu lead deve fazer após consumi-lo. 

Existem posts informativos que têm como função aumentar a autoridade do profissional ou negócio. Também é possível usar conteúdos a respeito de sintomas que devem ser usados para que o lead crie consciência de seu problema e comece a considerar agendar uma consulta. Por último, temos os conteúdos de conversão, que claramente chamam o usuário para a ação de entrar em contato. 

5. Formulários de captação de e-mail

Talvez seu site seja perfeito, mas precisa de um pequeno detalhe para converter ainda mais: usar formulários. É algo simples, basta fornecer alguns campos, como nome e telefone, para o lead preencher e obter algo. Talvez uma cotação de serviços, um e-book de dicas ou uma ligação de seus atendentes. 

Isso é extremamente valioso para o marketing, porque quando alguém se dá ao trabalho de cadastrar seus dados em um formulário já está muito interessado. A partir desse ponto cabe a sua estratégia de e-mail marketing e atendimento para converter esse lead em paciente efetivo. 

Ao incluir formulários em suas páginas você consegue, inclusive, aproveitar melhor o tráfego para o blog. Quando alguém entra em um artigo sobre “Quem pode fazer cirurgia bariátrica”, por exemplo, certamente quer saber mais sobre o assunto. Um formulário chamando para “saiba mais sobre nossos especialistas” ao final pode ser o gatilho que essa pessoa precisava para realizar um agendamento. 

6. Uso de um blog

Sites muitas vezes desperdiçam completamente seu potencial, porque não têm um blog. Isso é especialmente válido no marketing para hospitais e marketing médico para sua gestão em saúde. Milhares de pessoas fazem buscas de temas relacionados à saúde todos os dias. Alguns dos portais informativos que mais crescem são coleções de posts médicos. Por que não usar isso a seu favor?

O blog é um local para incluir conteúdos ricos e relevantes para seu público. São esses artigos que vão aparecer quando alguém procurar: “dor de cabeça causas” no Google. Também são eles que mostrarão toda a competência de sua equipe de especialistas. 

Sites com blog geram maior relevância e trabalham sua autoridade. Uma excelente ideia é incluir artigos autorais assinados pelos próprios especialistas. Assim, além de tirar as dúvidas do público é possível divulgar seus profissionais e especialidades. 

7. Otimização do atendimento digital

Após aplicar estratégias digitais, os agendamentos certamente crescerão. Mas isso não significa ainda mais retorno para seu hospital. Caso o atendimento deixe a desejar, você pode enfrentar uma alta taxa de desistência e insatisfação.

Lembre-se que a internet criou uma variedade de novos pontos de contato com o público. Seu novo cliente quer ser atendido com qualidade em todos eles, seja no momento de marcar uma consulta ou tirar uma dúvida. Portanto, garanta também uma equipe de atendimento treinada para não desperdiçar seu esforço com marketing. 

Como começar a aplicar ações de marketing para saúde no hospital ou clínica

Percebeu a alta possibilidade de retorno ao investir em marketing para seu hospital usando blog, site e redes sociais? Para começar levante o que seu negócio ainda precisa para ser considerado uma referência em marketing digital. Talvez seja um site de alta qualidade ou um blog otimizado. 

Depois procure ajuda, se necessário. Muitos processos são acelerados e simplificados com uma consultoria de marketing digital ou empresas de marketing digital como a Eclinica. Esses profissionais podem trazer mais insights para o seu marketing médico sobre formas de usar o conteúdo estrategicamente para aumentar os agendamentos.

Os comentários estão encerrados.