Médica em frente a um laptop gerenciando suas redes sociais no marketing digital para médicos
Marketing digital para médicos: dicas de redes sociais.
20/01/2021
médica sorrindo por trás de laptop visita site sobre marketing para médicos
Marketing para médicos: por que um site pode fazer a diferença
03/02/2021

Entenda a importância de um blog no marketing para clínicas

mãos de médica ao laptop escrevendo em blog no seu marketing para clínicas

O blog está ultrapassado, artigos longos são coisa do passado, marketing para clínicas precisa ser baseado em posts curtos. Ou pelo menos é isso que alguns gurus das redes sociais falam. Mas será que isso é verdade?

A primeira prova já temos: você está aqui lendo esse artigo porque algo lhe chamou a atenção e esse conteúdo deve trazer a resposta que procura. Acredite, muitos outros usuários são como você. Eles procuram conteúdos mais aprofundados para saber mais sobre diversas questões, especialmente sobre saúde.

Por isso, o blog é um ponto fundamental no marketing médico. Quer entender por que utilizá-lo? Continue lendo.

Será que blogs são mesmo necessários no marketing para clínicas?

Durante sua busca por formas de melhorar o marketing médico do seu negócio deve ter encontrado algumas sugestões para começar um blog. Mesmo assim, resolveu pensar com mais cuidado. Afinal de contas, um blog exige investimento de tempo para planejar e produzir cada artigo. Será que realmente vale a pena?

Nossa resposta é um grande SIM! Vale muito a pena investir em blogs no marketing para médicos. Quem pensa em não precisar trabalhar um pouco a mais para escolher tópicos e escrever esquece que essa ferramenta dá acesso a um dos principais meios de comunicação para sua marca: o Google.

Sem o blog o número de resultados nos quais seu site deve aparecer será bem menor, pois um grande volume de conteúdo de qualidade permite que vários termos de busca sejam ranqueados para que seu site seja encontrado por esses termos. Além disso, você deixará de atingir possíveis pacientes em diversos estágios de sua jornada de compra.

Quando alguém procura, por exemplo, sobre tratamentos para dor de cabeça, sua clínica quer estar entre os resultados. Caso seja capaz de responder à busca do paciente sobre o tema, tem altas chances de ser o local onde ele resolverá ir quando decidir que chegou o momento de procurar um médico.

O mesmo vale para qualquer conteúdo que você resolver abordar em seu blog. E o melhor de tudo é que: quanto mais você aparece nos resultados, mais o Google o considera como autoridade. Ou seja, você acaba aparecendo ainda mais.

Marketing para clínicas com blog é lucrativo?

Com certeza, blog posts são extremamente eficientes quando aplicados em uma estratégia adequada. Pesquisas indicam que marketing de conteúdo, incluindo os blogs, custam cerca de 62% menos que métodos tradicionais de marketing.

Os conteúdos em artigos geram três vezes mais leads que outros métodos. Quem apostar nesse formato de conteúdo tem retorno quase certo. Para sermos mais específicos, com 13 vezes mais chances de obter um ROI (retorno do investimento) positivo em suas campanhas.

Tudo isso é graças ao poder de atração que o blog médico possui. Clínicas que utilizam artigos conseguem atrair 55% mais visitantes que outros sites. Isso permite que o possível paciente comece seu relacionamento com você antes mesmo de identificar sua necessidade.

Assim, você estará em sua mente quando ele precisar de um médico.

Por que quanto mais você posta melhor fica seu marketing para clínicas?

Frequência e rotina são duas das chaves para o sucesso no marketing de conteúdo com blog. Contanto que você possua conteúdo de qualidade e otimizado para SEO, cada artigo significa novas chances de posicionar para um resultado relevante no Google.

Conforme sua estratégia avança seu cliente terá centenas de formas diferentes de acabar no seu site através da maior ferramenta de buscas do mundo. Quanto mais palavras-chave posicionadas, melhor, mesmo que elas sejam bastante específicas e tenham baixo volume de buscas.

E mais: muitas das pessoas que alcançam os blog posts são visitantes que acabaram de descobrir seu site. Ou seja, apesar de ainda não conhecerem sua clínica, essas pessoas já entraram em contato com a marca e encontraram algo valioso.

Quando a empresa aparece em ainda mais resultados do Google o possível cliente fica familiarizado com ela. É assim que começa um relacionamento com fortes chances de ser convertido em consultas ou procedimentos.

médica sorrindo usando computador conferindo o blog do marketing para clínicas

5 motivos para usar blogs no marketing para clínicas

Que tal ser reconhecido como uma fonte de informações preciosas para seu consumidor? É isso que o blog faz. Transforma sua clínica e seus profissionais em autoridades do setor, atrai novos visitantes e aumenta os contatos.

Tudo isso através de conteúdo aprofundado, mas escrito de maneira acessível. Ainda não acha isso motivo o suficiente para investir em um blog próprio? Confira mais algumas vantagens dessa estratégia de marketing médico.

1. Mantém pacientes informados e aumenta a chance de retornos

O Dr. Google é a fonte de informações principais para boa parte de seus pacientes e possíveis pacientes. Mas ele nem sempre é uma fonte tão confiável. Informe todos sobre novidades, mitos e novas tecnologias no setor através de artigos bem posicionados.

Isso gera valor por alguns motivos. Primeiramente, ajuda o paciente a ter acesso a informação fácil de digerir de uma fonte que ele já confia (sua clínica ou profissionais). Em segundo lugar, mantém atualizado quem já visitou o seu espaço.

Vale a pena também postar sobre o que está acontecendo na clínica. Trouxe um novo especialista? Fale um pouco sobre ele e inclua uma chamada para que as pessoas agendem um horário. Quando esse tipo de postagem atinge clientes que já estiveram no espaço, as chances de um retorno aumentam.

2. Ajuda na otimização SEO do site

Cada artigo de blog significa uma nova chance de deixar seu site bem otimizado. Eles permitem inserir palavras-chave em mais títulos e textos e ainda mostram ao Google que o usuário terá uma boa experiência.

Ao encontrar um resultado que responde a suas perguntas usuários passam mais tempo na página. A ferramenta de buscas valoriza isso como uma prova da qualidade do link e autoridade do site.

Além disso, o Google possui ferramentas de pesquisas locais. Quando um usuário pesquisa questões médicas na vizinhança terá maiores chances de encontrar seu site. Isso o transforma de um desconhecido em um potencial paciente em questão de minutos.

3. Mantém visitantes por mais tempo no site

Isso depende um pouco do layout e da navegação dentro da página, mas em geral artigos de blog mantém visitantes por muito mais tempo. Além dos minutos que a pessoa leva para ler o artigo, é comum navegar nos artigos sugeridos ou até procurar saber mais sobre a clínica ou autor.

Quanto mais tempo usuários passarem no seu site, melhor será para o SEO. E também ajudará a fazer sua clínica memorável. Lembre-se: ao oferecer conteúdo de valor um possível cliente tem muito mais chances de lembrar de você mais tarde e entrar em contato.

4. Gera um ROI positivo para seu marketing para clínicas

O retorno do investimento de blogs tende a ser bastante positivo. Ele é uma excelente ferramenta para gerar conversão, ou seja, ajuda a adquirir novos pacientes. Na primeira consulta agendada você já consegue amortizar o custo da sua estratégia de marketing de conteúdo. Cada retorno ou nova consulta que essa pessoa fizer ao longo dos próximos meses pode ser considerada lucro.

5. Ajuda a tornar sua clínica mais competitiva

No fim das contas, essa é a principal diferença de trabalhar com blog em seu marketing médico. Muitos de seus concorrentes já trabalham com artigos, mesmo que não sejam muito otimizados para SEO. Isso os coloca em vantagem, algo que você consegue remediar de forma simples.

Invista em marketing de conteúdo para conseguir melhorar a captação de clientes em sua clínica. O blog ajudará bastante, especialmente se for combinado com uma boa estratégia de SEO e redes sociais.

médica ao computador trabalhando marketing para clínicas

Como criar conteúdo de blog de excelência no marketing para clínicas?

Sabendo que ter um blog é excelente para sua estratégia de marketing para clínicas, ainda sobra uma dúvida: como exatamente criar conteúdo estratégico que ajude a atrair novos visitantes e convertê-los em pacientes?

Muitas pessoas sentem dificuldade para pensar em tópicos que sejam interessantes para um post de blog. A boa notícia é que o marketing digital possui diversas ferramentas para ajudar na hora de planejar suas publicações.

Separamos  algumas dicas para que você consiga começar a planejar seu blog e escrever muito para atrair novos pacientes.

1. Fique atento às novidades

Com certeza você e os profissionais da saúde de sua clínica estão antenados às novidades da área. Isso é essencial para conseguir manter os atendimentos de qualidade e proporcionar os serviços mais modernos ao paciente. Mas isso não quer dizer que quem conhece sua clínica sabe disso!

Aproveite as novidades da área para criar conteúdo de qualidade. Quando puder, compartilhe, explique e comente o que vem ocorrendo na área médica. Assim, você conseguirá levar informação ao paciente e construir sua autoridade.

Conteúdos do momento também são excelentes para atrair atenção. Sempre que uma nova descoberta é feita ou uma curiosidade surge na mídia, os possíveis pacientes tendem a prestar mais atenção.

2. Crie conteúdo de marketing para clínicas focado no paciente

Profissionais da saúde passam boa parte do dia ouvindo as dificuldades e problemas de seus pacientes. Quando for criar conteúdo, lembre-se que é para eles que você está escrevendo. Existem milhares de sites com notícias e informações médicas na internet, mas quase nenhum deles é escrito pensando no seu público.

Existem algumas maneiras de se conectar melhor com quem lê seus artigos. Comece, abordando o conteúdo de uma forma que lembre o leitor de suas dores. Ao citar exemplos, tente usar algo mais relacionado ao estilo de vida de pessoas que você atende.

Explique tudo da forma que você sabe que gera melhor entendimento para conseguir maior resultado.

3. Simplifique sua linguagem para marketing odontológico e médico

Existe um grande problema que atinge muitos criadores de conteúdo médico: a linguagem extremamente técnica e rebuscada. Uma minoria de seu público é da própria área médica ou de setores relacionados e consegue entender seu vocabulário próprio.

Para um experimentar como seu público se sente, tente ler os documentos de um processo ou um contrato empresarial complexo. Provavelmente terá dificuldade de entender alguns termos ou até mesmo o documento inteiro.

O grande problema é que, quando a linguagem é inacessível, seu conteúdo deixa de ser interessante. Talvez as informações até fossem essenciais para a vida do leitor, mas ele desiste por causa da dificuldade. Tente simplificar, usando palavras mais informais, além de exemplos e comparações para explicar termos técnicos que precisam aparecer no texto.

4. Aproveite histórias da clínica

O consultório médico é uma fonte riquíssima de conteúdo para o marketing na área da saúde. Diariamente aparecem casos interessantes, histórias de superação e dúvidas que podem interessar seu público online também.

Aproveite-as para gerar conteúdo através de artigos, só tome cuidado para não expor seus pacientes. Caso decida contar uma história ou case interessante, sempre omita os nomes e detalhes que possam identificar a pessoa à qual se refere.

Além disso, tente colecionar as dúvidas que aparecem durante os atendimentos. Tenha certeza: o que um paciente perguntou na consulta é a dúvida de milhares de outros online que estão ansiosos para serem respondidos através de seu marketing de conteúdo.

5. Escreva tutoriais e dicas no marketing para clínicas

Sabia que conteúdos de “como fazer” e dicas são alguns dos mais populares nas ferramentas de busca? As pessoas usam o Google e ferramentas similares com muita frequência para tentar descobrir como cuidar melhor de sua saúde e de sua família.

Sempre que possível, inclua esse tipo de conteúdo em seu planejamento. Algumas ideias podem ser:

  • 5 alimentos para incluir na dieta e prevenir colesterol alto;
  • Como controlar a diabetes;
  • Como evitar dores na coluna;
  • Hábitos que você deve adotar para prevenir câncer de estômago.

É claro que esse tipo de dica não substitui a visita ao médico, e é importante que seu leitor também saiba disso. O conteúdo serve somente para orientar, mas casos específicos precisam de atendimento de um profissional da saúde.

médica atendendo paciente que chegou pelo marketing para clínicas

6. Verifique os resultados de seus artigos

Quem disse que para ter sucesso basta publicar um artigo e nunca mais voltar a olhar para ele? O marketing para clínicas exige acompanhamento constante de métricas e resultados de cada conteúdo publicado.

O ideal é verificar rotineiramente a quantidade de visitas de cada artigo, tempo que usuários permaneceram na página e quantos deles deixaram o site ou voltaram a navegar por ele. Assim, conseguimos descobrir qual foi a popularidade e a eficiência de cada artigo.

Por que isso é importante? Para conseguir definir que tipo de conteúdo faz mais sucesso com seu público. Algumas clínicas conseguem resultados excelentes com tutoriais, outras com notícias e outras com curiosidades sobre patologias comuns. Tudo depende do seu público.

Inicialmente, o processo de criação de conteúdo será um pouco de acerto e erro. Acompanhando corretamente, você conseguirá decidir os melhores tópicos com maior clareza.

7. Inclua imagens e gráficos para facilitar a compreensão

Já falamos um pouquinho sobre a importância de simplificar seu linguajar para que o público entenda seu conteúdo. Mas existe mais alguma coisa que você pode fazer para deixar os artigos ainda melhores de entender: usar imagens e gráficos.

Além de explicar, use itens visuais para demonstrar seu conteúdo. Uma dica interessante também é incluir vídeos no seu site. Eles aumentam o tempo de permanência na página, ajudando o posicionamento nas ferramentas de busca, e também são uma ótima maneira de passar informações.

Ao incluir formatos diferentes de mídia, você atende todos os tipos de pacientes. Desde os que têm tempo livre para ler e compreender um artigo mais longo, até os apressados que preferem ver um gráfico ou vídeo curto.

8. Acompanhe o marketing para clínicas da concorrência

Hospitais e clínicas da sua região já trabalham com marketing digital? Vale a pena acompanhá-los e entender os tipos de ações que têm realizado. Algumas vezes encontramos ideias muito válidas na divulgação de concorrentes que podem ser adaptadas para sua realidade.

Também é importante saber identificar erros para conseguir evitá-los. Sempre fique atento às publicações e sua repercussão na internet.

Os comentários estão encerrados.





    Grato pelo envio.
    Em breve você começará a receber nossas newsletters.