médicos com tablet na mão fazendo marketing digital e marketing médicos
Marketing médicos: como atrair pacientes para a sua clínica.
17/12/2019
teclado de computador com um zoom na tecla shift mostrando erro no marketing digital para médicos
O que não fazer no marketing digital para médicos
07/01/2020

Marketing digital para clínicas e consultórios. Veja as dicas.

medico e paciente marketing digital blog eclinica

Marketing digital para clínicas e consultórios. Quando o assunto é esse, temos certeza de uma coisa: o que você deseja são mais pacientes, ganhar visibilidade e tornar-se uma verdadeira referência na área da saúde.

Todavia, talvez esteja um pouco perdido para chegar nesses objetivos, não é mesmo? Mas garantimos: trabalhar com marketing para consultório médico ou marketing para clínicas médicas é a melhor forma de atingir suas metas. 

Não se engane pensando que esse tipo de marketing consiste só em fazer alguns posts por semana nas redes sociais. Afinal de contas, qualquer um poderia fazer isso, não é mesmo? Um marketing realmente eficiente combina estratégias de site, SEO, blog e redes sociais para conquistar novos clientes, educá-los e converter. 

Quer entender exatamente como fazer isso? Quer saber de verdade o que é marketing digital? Trouxemos as dicas mais eficientes de uma agência marketing digital para aplicar ações de marketing para saúde no seu negócio. 

Para um bom marketing digital para clínicas e consultório médico tenha uma marca profissional

Mesmo que você queira divulgar seus serviços individuais entenda que você é uma marca e isso é importantíssimo para gerar credibilidade. Deixar para depois a criação de um bom logo para apresentar nos materiais impressos, sites e redes sociais é prejudicial para seu marketing. 

Antes mesmo de começar a divulgar qualquer coisa o recomendado é ter uma marca com aparência profissional. Se você não possuir habilidade ou tempo para criá-la procure profissionais especializados no assunto. Uma agência marketing digital pode ajudá-lo nesse processo, além de auxiliá-lo com divulgação em geral. 

Capriche no site

Sabia que boa parte dos consumidores hoje em dia fazem uma pesquisa no Google antes de ir a qualquer lugar? Isso inclui lojas físicas, restaurantes, outros tipos de comércios e até consultórios médicos. Ou seja, é inevitável que seu cliente encontre seu site antes de chegar a você. 

Pense com bastante cuidado e considere se o site que usa atualmente está adequado para captar clientes. Ele é rápido, possui um bom layout e está preparado para conversão? Caso a resposta seja não para qualquer um desses requisitos está na hora de contratar profissionais para melhorar seu site. 

Em muitos casos um site de qualidade é a diferença que faz um paciente escolher seu concorrente, não você. Evite esse tipo de situação!

Produza conteúdo informativo para marketing digital para clínicas consultórios

Considera-se que atualmente estamos na era da informação. Isso significa que as pessoas estão em busca de conhecimento, querem cada vez mais aprender e são bastante curiosas a respeito de temas da área da saúde. No entanto, existem tantas fontes com informações divergentes que fica difícil saber de onde tirar a resposta certa. 

Uma ótima forma de usar o marketing estratégico para área da saúde é através de conteúdo. Pode ser no Instagram, Facebook ou em um blog, o que importa é trazer informações relevantes e confiáveis para seu público. 

Além de ajudar você a ganhar seguidores instagram e em outras redes sociais, essa estratégia, colocada em prática por toda agência marketing digital, ainda lhe transforma em uma autoridade na área. 

Escolha as redes sociais mais relevantes

No mercado não faltam médicos, clínicas e outros negócios da área da saúde que só possuem uma rede social. Eles estão no Facebook ou no Instagram ou em um site, quase nunca estão nos três ao mesmo tempo. Ou seja, eles não serão descobertos por um público mais variado. 

As redes sociais possuem públicos diferentes. A tendência é que as pessoas presentes no Facebook sejam mais velhas e menos engajadas, enquanto o Instagram está crescendo sem parar entre os jovens. O ideal é atingir os dois nichos com conteúdo e ações de marketing digital para saúde de qualidade. 

Só tome cuidado para não marcar presença nas duas redes sociais mais relevantes do País e esquecer do site. Ele continua sendo essencial para o marketing digital para a área da saúde. É importante gerar tráfego para o seu site, mesmo que você já esteja no Facebook ou no Instagram. 

Use sua lista de e-mails

Provavelmente você tem um cadastro de pacientes que raramente utiliza. Comece a movimentá-lo através de e-mail marketing, a principal ferramenta de fidelização de clientes, excelente para enviar conteúdo informativo a eles, educando-os e deixando-os mais familiares com sua marca. 

Manter-se em contato com o cliente, mesmo depois que ele terminou seu procedimento ou parece não precisar da sua clínica é importantíssimo. No próximo momento que ele procurar alguém com sua especialidade você será o primeiro com quem ele entrará em contato. 

Além disso, o e-mail é uma ferramenta mais formal e pouco invasiva de comunicar-se, muito utilizado nas estratégias de qualquer agência marketing digital. Caso o cliente se sinta incomodado, ele consegue simplesmente sair da lista. É simples, rápido e ótimo para a satisfação do usuário. 

Mas, cuidado. Evite que seus e-mails sejam reconhecidos como spam pelo e-mail do destinatário utilizando ferramentas de disparo de e-mails, como o Mailchimp.

Como uma consultoria marketing digital pode ajudar?

Cada uma das dicas que demos nesse artigo demanda um recurso precioso do profissional da saúde: tempo. Por isso é interessante procurar uma agência marketing digital para auxiliá-lo. Além de economizar tempo, uma agência de marketing digital para médicos vai dizer a você como ganhar seguidores e ajudar a aplicar para seu negócio estratégias mais eficientes e especializadas de marketing digital para clínicas e consultórios. 

Logotipo do Facebook e ímã simbolizando estratégia inbound no marketing para clínicas e consultórios - E-clínica digital

O que é inbound marketing no marketing digital para clínicas e consultórios?

O marketing digital para clínicas e consultórios desenvolveu-se através do que chamamos de inbound marketing. O nome em inglês designa um conjunto de estratégias digitais que têm como objetivo conectar-se ao paciente de forma menos invasiva e mais eficiente ao mesmo tempo. 

Inicialmente, nem todos gestores de clínicas e consultórios consideravam importante ter uma estratégia digital efetiva. Afinal de contas, geralmente os pacientes chegavam através de indicação. No entanto, o inbound trouxe uma alternativa bastante interessante que atrai possíveis pacientes sem vender diretamente (ao menos no início).   

Ele aproveita o conteúdo para gerar interesse nas pessoas que encontram seu negócio na internet. Assim, o paciente acaba procurando a clínica por espontânea vontade ao invés de ser “forçado” a isso como na publicidade tradicional. 

Ao conectar-se com quem realmente está interessado na sua clínica ou especialidade, as chances de ter um novo paciente são mais altas. É um tipo de marketing mais direcionado que evita atingir todos os tipos de pessoas e foca em quem realmente pode trazer resultados. 

O que é outbound marketing? Devemos usá-lo no marketing médico? 

Outro conceito importante de entender antes de começar a trabalhar com o digital é o outbound marketing. Enquanto o inbound tenta convencer o consumidor a entrar em contato ou agendar uma consulta de forma indireta e não-invasiva, o outbound é quase o contrário. Ele cria formas que permitem que vendedores, atendentes ou a própria marca entre em contato direto com o possível consumidor. 

Talvez você conheça o outbound como ligações de telemarketing, mensagens em massa de whatsapp ou panfletos entregues no semáforo. Apesar dessas estratégias de prospecção direta realmente serem parte do conjunto, ele é bem mais que isso. 

Atualmente é comum usar o outbound como complemento para o inbound. Suas estratégias ajudam a deixar o resultado mais massivo. Seus anúncios, por exemplo, têm o potencial de atingir milhares de pessoas que demorariam muito mais para entrar em contato com a marca de outra forma. 

Melhores estratégias de marketing digital para clínicas e consultórios

O marketing digital para clínicas e consultórios fica mais necessário conforme a concorrência on e offline cresce. Hoje, pacientes em quase qualquer cidade têm dezenas de opções (quando não, centenas) de clínicas e profissionais da saúde para escolher. Sem o marketing, fica difícil escolher a quem recorrer na hora de agendar uma consulta. 

Por que sua clínica em especial merece atenção? É isso que você vai determinar usando as estratégias de marketing abaixo. 

1. Marketing digital para clínicas e consultórios usando conteúdo

O marketing de conteúdo faz parte do marketing digital para clínicas e consultórios. Seu objetivo é, principalmente, fornecer informações sobre sua área de atuação, informar e educar possíveis pacientes. Quando você compartilha informações, seja por posts, vídeos ou reels, consegue chamar atenção do público em potencial. 

Após esse primeiro contato, o público espera receber novo conteúdo sobre aquilo que os interessa e aos poucos deve aumentar o engajamento. Essa é uma forma de marketing que pode ser aplicada de maneira orgânica ou paga. No orgânico, conseguimos conquistar pacientes novos a longo prazo e geramos lealdade. 

Já com os anúncios digitais aumentamos o reconhecimento da clínica ou hospital por parte do público e convertemos os leads em pacientes efetivos. 

2. Calendário de marketing digital para clínicas e consultórios

Muita gente tenta iniciar no marketing digital para clínicas e consultórios sem ter muita noção sobre a área. Após os primeiros posts a fonte de ideias seca e cada dia de publicações é adiado. Afinal de contas, o que postar para atrair a atenção do público?

A dica é criar um calendário dos temas que um gestor de clínicas pretende trabalhar em seu marketing digital. O período pode variar de algumas semanas até alguns meses, talvez um semestre inteiro. O que importa é criar uma seleção de tópicos que sejam relevantes mensalmente e incluí-los. 

Talvez você não consiga criar posts durante a criação do calendário de marketing, mas não tem problema. O importante é criar um guia de divulgação para seguir ao longo do tempo. Ele será a base para as estratégias semanais que sua equipe adota ao divulgar o negócio e tentar conquistar novos pacientes. 

No calendário você pode incluir: 

  • Datas importantes para a clínica; 

  • Meses de conscientização (como setembro amarelo e outubro rosa); 

  • Datas comemorativas; 

  • Informativos sobre doenças sazonais (ex: gripe e dengue); 

  • Outros. 

O que importa é ter um guia para continuar divulgando de forma estável ao longo do tempo. 

3. Mensagens digitais no marketing digital para clínicas e consultórios

O marketing digital para clínicas e consultórios vai além de estratégias de redes sociais. Algumas vezes precisamos nos aproximar mais de possíveis pacientes ou até mesmo de pacientes atuais. As mensagens online permitem que o profissional da medicina atinja seus pacientes durante sua rotina. 

O objetivo de mensagens através de APPs digitais, como Whatsapp e Facebook Messenger, pode ser adquirir novos pacientes ou fidelizar os atuais. Imagine alguém que passou por uma recente consulta com um cirurgião plástico. Mesmo que a pessoa ainda não tenha decidido agendar o procedimento, mensagens de rotina sobre cuidados pré-operatórios e possíveis resultados aumentam as chances de fazê-lo. 

O mesmo vale para quem ainda está tentando tomar a decisão de agendar a consulta. Pessoas interessadas podem incluir seu número em um campo do site para receber mais informações sobre a especialidade. Assim, conseguem entender melhor sobre o que se trata antes de decidirem de uma vez por todas. 

Ainda existe a chance de usar as mensagens digitais para diminuir desistências e reagendamentos. Basta programar um lembrete para alguns dias e um dia antes da consulta. 

4. E-mail marketing através do site

Já percebeu que boa parte dos sites deixam um campo para que o paciente inscreva seu endereço de e-mail em algum tipo de lista? O que chamamos de e-mail marketing é uma das estratégias mais comuns do digital e ainda bastante eficiente. 

Apesar de entrar em contato direto com o lead, ela é menos invasiva e ainda pode trazer pacientes em potencial para você. 

Conforme os e-mails entregam informação ao público, pessoas começam a conectar-se melhor com a clínica e suas especialidades. Assim, conseguimos guiar cada um através da jornada de compra, que tem como final o tão esperado agendamento. 

Quando a pessoa deixa seu e-mail tem um objetivo em mente. Talvez ele seja receber uma newsletter semanal com novidades médicas. Ou entender mais sobre um procedimento específico. O que importa é realizar esse objetivo, além de entregar ainda mais informações até conseguir levar o possível paciente até a clínica. 

5. Engajamento nas redes sociais médicas

Atualmente é comum acompanhar seus médicos de confiança nas redes sociais. É uma forma de conseguir informações confiáveis em um mundo cheio de fake news e dados com pouca clareza. Mas não basta seguir para ter resultado com o marketing! 

Quem trabalha com um marketing digital médico para clínicas e consultórios eficiente consegue estimular o engajamento através de estratégias. Isso significa usar tudo que as redes sociais têm a oferecer, de grupos a caixinhas de pergunta nos stories

Quer dizer que assim que você começar a usar tais ferramentas conseguirá resultados? Não exatamente. Como dissemos, tudo exige uma estratégia de longo prazo. As caixinhas de pergunta, por exemplo, enganam muita gente que pensa que seu público começará a interagir rapidamente. 

Por ser um meio que exige algum esforço (pensar na pergunta e digitá-la), o público deve estar acostumado a interagir de outras formas anteriormente. Quem deseja chegar a esse ponto deve introduzir posts que provoquem curtidas e comentários antes. Talvez até uma estratégia prévia para aumentar os compartilhamentos seja interessante. 

Mão feminina assinalando tarefas em um tablet - E-clínica marketing Digital

6. Acompanhar as tendências mais fortes de marketing médico

O marketing médico continua evoluindo junto aos regulamentos do Conselho Federal de Medicina. Quem ainda não começou a estudar as regras devem fazê-lo com urgência, mas precisa incluir mais um dever de casa na lista: ficar de olho nas novidades do digital. 

Há poucos anos ninguém imaginava que fazer vídeos divertidos para explicar temas médicos complexos fosse funcionar. Hoje muitos ainda não sabem usar os stories para interagir ou sequer experimentaram os reels do Instagram ainda. 

As redes sociais, em especial, recebem atualizações e novidades constantes. Seu objetivo é manter o interesse do público através de coisas novas, algo que gera um desafio a mais para o marketing médico. Precisamos descobrir o que surgiu recentemente de maneira rápida e aproveitar isso para gerar ainda mais interesse por parte dos pacientes. 

7. Trabalho com indicações e avaliações de pacientes

Pelo menos 90% dos brasileiros já usa o Google antes de visitar um negócio. Não importa se ele é um restaurante, uma loja ou uma clínica, suas avaliações na plataforma precisam ser boas o suficiente. Caso contrário, o lugar mal merece uma visita presencial ou ligação para agendar um horário. 

Infelizmente, nem todo mundo que sai do consultório lembra de entrar no Google ou redes sociais e avaliar. É um problema que só consegue solução através de estratégias adequadas de marketing. 

Quando pensamos em marketing digital para clínicas e consultórios, frequentemente esquecemos disso. Também é importante trabalhá-lo para conseguir avaliações favoráveis e aumentar as chances de ser encontrado em uma busca. 

Queremos que possíveis pacientes encontrem um Google Meu Negócio avaliado em cinco estrelas e cheio de elogios. Como fazer isso? As estratégias variam, desde pesquisas de satisfação com prêmios e mimos, até mensagens automáticas que pedem a tão a avaliação do paciente no dia após a consulta. 

8. Estratégia de humanização de marketing digital para clínicas e consultórios

O marketing digital para clínicas e consultórios precisa mostrar a qualidade de seu atendimento. Diversas clínicas já trabalham de forma humanizada, mesmo sem entender muito o termo, mas ainda têm dificuldade de mostrar isso ao público. 

Dessa forma, quem já passou por situações difíceis nas mãos de profissionais da saúde talvez fique em dúvida antes de procurar o espaço. Todos querem saber que serão tratados como mais que somente um número numa agenda. Quem proporciona esse tipo de experiência também precisa demonstrar isso na internet. 

Algo que fica impossível com erros, como usar chatbots mal programados que fazem o usuários perguntar dezenas de vezes a mesma coisa sem obter uma resposta. Ou deixar de responder o Whatsapp da clínica por falta de tempo. 

Humanizar talvez pareça um termo complexo, mas começa em ações simples. Quem deseja adotar essa estratégia só precisa começar a conectar-se com sua audiência. Desenvolva formas de realmente conversar com os seguidores e você estará no caminho certo. 

9. Marketing digital para clínicas e consultórios usando o Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma ferramenta indispensável para o marketing digital para clínicas e consultórios. O motivo é simples de entender: ele permite que milhares de usuários encontrem empresas próximas a eles todos os dias. 

Quando alguém procura “restaurante” usando uma geolocalização, está aproveitando as empresas com perfil no Meu Negócio. O mesmo vale para clínicas, especialidades ou procedimentos. A plataforma usa a localização para mostrar ao usuário onde ele consegue atendimento rápido sem precisar se deslocar muito. 

Já pensou em aparecer para todos os usuários na sua cidade quando procurarem por clínicas? Nesse caso, sua estratégia de marketing digital precisa considerar o Google Meu Negócio. 

Comece criando uma ficha para sua empresa, mas não pare por aí. Depois de confirmar a localização, você precisa manter todas as informações atualizadas para aparecer entre os primeiros resultados. Incluir fotos, publicações e avaliações também é uma maneira de se destacar. 

Então, quando criar seu calendário de postagens, lembre-se que Instagram e Facebook não são os únicos aos quais você deve prestar atenção. O Google também está esperando. 

10. SEO para melhorar o posicionamento do site

Quem já tem um site precisa começar a trabalhar o SEO. Quem ainda não tem, precisa criar um site e aproveitar para lançá-lo na web com otimizações para as ferramentas de busca. Combine isso e o Google Meu Negócio e você estará com uma poderosa ferramenta de marketing nas mãos. 

O melhor de tudo é que estamos falando de marketing orgânico. Quando usamos palavras-chave de forma adequada no site, ele começa a aparecer nos resultados de busca sem precisar pagar por isso. 

Assim, uma quantidade maior de pessoas deve visitá-lo ao longo do tempo. E quanto mais pessoas fizerem essa visita, mais agendamentos conseguiremos. 

É claro que o SEO (search engine optimization) não existe em um vácuo. Ele precisa de marketing de conteúdo para conseguir resultados ainda melhores. Trabalhar com e-mail marketing e redes sociais é outra forma de deixá-lo ainda mais forte.

Comments are closed.





    Grato pelo envio.
    Em breve você começará a receber nossas newsletters.