mulher ao computador como um blog ajuda no marketing médico e no marketing para dentistas
Como um blog pode ajudar no marketing médico e no marketing para dentistas
07/07/2020
mulher falando ao megafone para promover anúncios digitais e como podem ajudar no marketing médico
O que são anúncios digitais e como podem contribuir para o marketing médico
30/07/2020

Marketing digital para médicos: como o SEO pode contribuir para melhorar sua autoridade na internet, doutor

mulher no computador e trabalhando para melhorar o SEO e o marketing digital para médicos

Alguns dos termos mais procurados por usuários na internet estão relacionados à saúde. Ou seja, quem conseguir se destacar nesses termos, nessas palavras-chave, consegue muito mais resultados com o marketing digital para médicos. É exatamente essa a função do SEO (Search Engine Optimization), um conjunto de estratégias que busca posicionar melhor uma página na busca orgânica, ou seja, não paga. Aplicá-lo em seu negócio da área da saúde significa garantir um retorno de clientes e contatos a longo prazo. 

Quando descrevemos assim parece algo simples, não é mesmo? No entanto, existem milhares de páginas concorrendo por cada termo no Google ou em qualquer outra ferramenta de busca. Sem contar todas as agencias de marketing médico e odontológico tentando fazer com que seus clientes obtenham mais resultados através das estratégias. É aí que entra o uso de SEO. Quando bem aplicado, ele ajuda a página a superar os concorrentes e ganhar destaque nos resultados. 

Existem diversas otimizações que precisam ser aplicadas rotineiramente em postagens. Incluindo, uso de links internos e externos, palavras-chave, entre outros. 

Quer entender mais sobre como funciona o SEO e sua aplicação no marketing digital para a área da saúde? Continue lendo! Separamos algumas dicas essenciais para quem deseja saber: 

  • Como trabalhar com palavras-chave; 
  • Passo a passo para usar o SEO. 

Como o Google pode melhorar o marketing digital para médicos

Imaginamos que você já entendeu o que é marketing digital, mas ainda falta compreender exatamente como funciona o Google para aplicar novas estratégias. Inicialmente a ferramenta parece bastante simples: o usuário insere uma palavra-chave e recebe uma solução de resultados ao longo das próximas páginas. 

Logo no topo da página encontram-se os anúncios, os resultados pagos. Eles chegam ali através de lances no Google Ads, mas não é sobre isso que falaremos aqui. O que realmente nos interessa são os resultados orgânicos, que ficam logo abaixo e usam um tipo de ranking para serem exibidos. 

A ferramenta de busca mais utilizada do mundo, o Google, usa robôs para determinar a ordem de relevância dos resultados. A intenção é apresentar em primeiro lugar os links com maiores chances de resolver o problema do usuário. 

Existem dezenas de pontos avaliados pelo algoritmo do Google para chegar à lista pronta que o usuário vê. E são esses pontos que tentamos otimizar com estratégias de SEO para o marketing médico. 

Alguns dos itens que influenciam na ordem em que os resultados aparecem incluem: 

  • Uso de palavras-chave no título e subtítulos da página; 
  • Uso de palavras-chave ao longo dos textos; 
  • Velocidade de carregamento da página;
  • Taxa de abandono
  • Compatibilidade com dispositivos mobile; 
  • Quantidade de links recebidos; 
  • Entre muitos outros. 

Ou seja, é preciso estar atento a cada detalhe do site para conseguir torná-lo mais amigável para as ferramentas de busca. Que é o que faremos através das dicas a seguir. 

SEO: a chave para ter autoridade no marketing digital para médicos

Dentre as ferramentas de marketing digital, poucas são tão eficientes para criar autoridade para uma marca quanto o SEO. É claro que qualquer negócio deseja ser encontrado no Google para receber um maior número de contatos. O que muitos não sabem é que existe muito mais por trás do SEO. 

Atualmente, o ranqueamento das ferramentas de busca possui um foco extremo no usuário. Ou seja, tenta encontrar sites e marcas que possam proporcionar melhor experiência e resultados ainda mais eficientes. 

Por isso, uma agência de marketing digital para médicos deve sempre incluir as ferramentas de ranqueamento orgânico para tornar um profissional da saúde uma autoridade. Veja abaixo por que isso é tão importante. 

1. Faz mais pessoas verem seu conteúdo

O primeiro motivo para usar o SEO para melhorar a autoridade no meio médico é simples: ele permite que mais pessoas usem seu conteúdo. Atualmente tanto o público final quanto outros profissionais da saúde utilizam as ferramentas de busca. Ter um site bem posicionado facilita que essas pessoas lhe encontrem. 

Além de deixar fazer com que mais gente acesse seu site, o SEO passa uma impressão de conteúdo de qualidade. Afinal de contas, as ferramentas de busca ficam cada vez mais refinadas. Apesar do público não entender exatamente como isso acontece, sabe que quando algo está entre as primeiras posições no ranqueamento tem altas chances de ser de qualidade e confiável. 

2. Melhora a experiência do usuário

A experiência do usuário baseia-se em como as pessoas que acessaram seu site sentem-se em relação a você. Quando a página não é configurada para posicionamento ela tende a ser mais lenta, com menos subtítulos e de leitura mais complexa. Ou seja, traz uma experiência ruim. 

Em estratégias de marketing para consultórios médicos o SEO garante que o site traz a melhor experiência possível. Assim, a imagem transmitida pelo profissional da saúde, consultório ou hospital online fica muito melhor. 

Acredite, as ferramentas de busca estão ficando cada vez melhores em medir a experiência do usuário no site. Portanto, investir nesse aspecto para melhorar o ranqueamento é essencial para transformar o profissional em uma autoridade no assunto, já que usuários online preferirão acessar suas páginas ao invés de entrar nas de concorrentes onde a experiência seja pior. 

3. Impacta o público em diferentes momentos

Sabia que, dependendo da palavra-chave escolhida para posicionar-se, você está entrando em contato com o público em um momento de compra diferente? O Google consegue identificar em qual micro-momento de compra alguém está ao fazer uma busca, podendo ser:

  • Quero saber;
  • Quero ir; 
  • Quero fazer;
  • Quero comprar. 

Tais momentos geram necessidades diferentes em um usuário para as quais a página deve estar preparada. Uma palavra-chave voltada ao saber, por exemplo, deve trazer um texto claro, didático, explicativo e simples de ler. 

Já uma página voltada ao “quero ir” precisa incluir informações de local, endereço, mapa e um local para tirar dúvidas. Focar nesses aspectos aumenta a conversão e também contribui para transformar seu negócio da área da saúde em uma autoridade. 

Ao estar em contato com o público em cada um de seus momentos é possível gerar uma sensação de proximidade. Isso faz com que você ganhe destaque e vire cada vez mais uma referência em sua área. Tudo através do SEO utilizado no marketing digital para médicos.

Como trabalhar palavras-chave para ter melhores resultados

As palavras-chave são a base de qualquer trabalho de SEO. Elas são os termos que um usuário procura na barra de buscas e o direcionam para seu site. Portanto, sua escolha é vital para obter sucesso e o maior número de cliques no link possível. 

Quem está iniciando o trabalho com ações de marketing para saúde nem sempre acerta de primeira ao escolher as palavras-chave. O maior erro é selecionar o que o autor do artigo ou dono do site acha relevante sem realizar uma pesquisa antes. 

É importante compreender quais são as necessidades do público para conseguir encontrar os termos mais relevantes. Encontrar palavras com alto tráfego é simples e talvez realmente ajude a aumentar as visitas. Mas realmente entender o que seu público específico procura e usar no SEO é a melhor forma de obter mais conversões.

mulher no computador trabalhando para melhorar o SEO e o marketing digital para médicos

Como criar uma lista de palavras-chave para o marketing digital para médicos

O primeiro passo para iniciar uma lista de palavras-chave para usar no marketing digital para médicos é entender seu público. Mapeie a jornada de compra dos clientes que chegam a sua clínica, hospital ou laboratório. É importante entender o que eles pesquisaram antes de entrar em contato e como é possível trabalhar isso no site. 

Após conseguir uma compreensão mais aprofundada das pessoas que desejamos atingir, chega o momento de começar a “lista”. Para separar quais palavras são interessantes é preciso verificar os seguintes fatores: 

  • Concorrência: existem muitos concorrentes tentando posicionar para essas palavras? Se existem, qual é a qualidade do trabalho de SEO desses sites?
  • Sazonalidade: a palavra possui um período de alta? Quem trabalha com doenças respiratórias, por exemplo, pode ter pico de buscas para gripe nos períodos mais frios do ano; 
  • Volume de buscas: o termo possui buscas na sua região? Isso é importantíssimo!

Só fique atento a esse último fator. Nem sempre um termo com baixo volume é ruim. Algumas vezes é simplesmente um termo de nicho. Ou seja, somente pessoas que estão realmente interessadas no assunto realmente o procuram. 

O termo “cirurgião pediátrico em São Paulo” é um exemplo. Certamente não tem a mesma quantidade de buscar que “pediatria”. No entanto, é uma palavra de nicho procurada por pessoas que têm alta chance de contratar serviços relacionados. 

Passo a passo para usar SEO no marketing digital para médicos

Não só de palavras-chave vive o SEO. Para realmente entender de marketing digital como fazer e aplicar estratégias é necessário ter o site completamente otimizado. Mesmo excelentes textos que usam termos de busca corretamente podem perder posições quando estão em um site considerado ruim pelo Google. 

Existem dois tipos de otimização que um site pode precisar: offpage e onpage. O primeiro tipo diz respeito às alterações de conteúdo, boas práticas de SEO para melhorar posicionamento nas buscas sobre as quais o criador de conteúdo tem controle. Isso inclui uso de palavras-chave, tamanho de frases, títulos, subtítulos e imagens. 

Já as otimizações onpage, realizadas nos códigos das páginas e na arquitetura do site, nem sempre são simples de editar. Geralmente elas estão nas mãos do desenvolvedor. Algumas vezes é preciso entrar em contato com uma agência de marketing médico e odontológico para conseguir realizá-las. Confira algumas otimizações que são necessárias para obter sucesso com o SEO:

1. Tenha um site otimizado para mobile

Seu trabalho online simplesmente não está completo sem um site amigável para dispositivos móveis. Primeiramente, é muito comum que usuários façam pesquisas relacionadas à saúde em momentos de urgência, quando estão longe do computador. 

Além disso, o Google considera um site responsivo como pré-requisito para ranqueamento. Ou seja, quem ainda tem um site que não se adapta a dispositivos, como smartphones e tablets, perde posições para quem tem. 

O site precisa adequar-se ao tamanho da tela do dispositivo utilizado. Assim a leitura e navegação também ficam mais fáceis, melhorando duas métricas que o Google também utiliza no ranqueamento: tempo na página e navegação no site. 

2. Use links internos e externos

A quantidade de links utilizados ajuda a conferir autoridade a um artigo. Aproveite as palavras-chave que encontram-se no artigo para direcionar o tráfego de um blog post para outro ou até para uma landing page. Assim, o usuário continua navegando e as chances de converter crescem ainda mais.

Os links externos também são importantes. Eles servem para mostrar ao Google que você realmente está falando de algo relevante para o usuário. Isso funciona especialmente bem quando as páginas para onde vão os links estão relacionadas ao assunto mencionado. 

Essa estratégia também é válida quando links apontam para o seu site. Para a ferramenta de busca, isso é sinal de que seu conteúdo é tão confiável que alguém o está “indicando”. Por isso, as agências de marketing médico e odontológico usam também a estratégia, que é chamada de backlinks. Ela consiste em estabelecer parcerias com outros sites para trocar links com estes e aumentar a relevância de todos os envolvidos. 

3. Acompanhe resultados

Conseguiu elaborar a lista de palavras-chave e otimizar seu site? Sua estratégia digital não está completa sem um acompanhamento adequado. Existe uma ferramenta do próprio Google, o Google Search Console, que permite monitorar o tráfego de diversas palavras. 

Assim, é possível identificar quais têm trazido mais resultado para seu site. Com uma análise frequente, é possível recalcular a estratégia. Talvez seja necessário incluir novas palavras, voltar a utilizar outras ou até excluir termos. 

O monitoramento também ajuda a perceber como seu site está crescendo em acessos e mensurar resultados. É importante saber exatamente de onde vem os novos contatos para conseguir continuar investindo em estratégias de marketing para consultórios médicos. 

4. Crie conteúdo com frequência

Existem dois fatores importantíssimos em uma estratégia de marketing digital para médicos: qualidade do conteúdo e frequência de postagens. Quem deseja destacar-se online não pode criar um artigo que seja uma obra-prima, mas que nunca mais recebe edições. 

Lembre-se que a internet é muito rápida e dinâmica. Manter o site atualizado é um pré-requisito para conseguir ranquear bem em qualquer ferramenta de busca. Isso significa que é importante investir em conteúdos de qualidade, com uma boa quantidade de palavras e postá-los sempre. 

É claro que tudo depende da dificuldade de ranqueamento no seu nicho. Setores com palavras mais concorridas precisam de conteúdos maiores e também devem postar mais vezes. Já palavras menos utilizadas podem usar textos mais sucintos e com menor frequência. 

De qualquer forma, manter uma rotina de postagens é importante para ter um bom SEO. Ao aplicar as estratégias aqui mencionadas você está pronto para aumentar o tráfego para seu site. Combinando-as com outras técnicas de marketing digital hospitalar e médico é possível obter conversões e até aumentar a quantidade de pacientes. Está pronto para usá-las e alcançar o sucesso? Se precisar de uma ajuda profissional, fale com a Eclinica.

Os comentários estão encerrados.