médico sorrindo atendendo paciente faz marketing para consultório médico
Marketing para consultório médico: como usar a internet para atrair pacientes
06/01/2021
mãos de médica ao laptop escrevendo em blog no seu marketing para clínicas
Entenda a importância de um blog no marketing para clínicas
28/01/2021

Marketing digital para médicos: dicas de redes sociais.

Médica em frente a um laptop gerenciando suas redes sociais no marketing digital para médicos

A combinação entre redes sociais e marketing digital para médicos é uma das mais poderosas atualmente. Pesquisas indicam que 90% dos adultos já fizeram consultas sobre saúde nas redes sociais. As pessoas querem saber mais sobre saúde e precisam de fontes confiáveis para coletar informações.

É aí que entram clínicas e profissionais da saúde que são ativos na internet. Além de divulgarem sua prática e aumentarem seu reconhecimento, eles também alimentam o público com informações mais precisas sobre suas áreas.

Afinal de contas, o marketing médico possui dois objetivos: trabalhar a autoridade do profissional, aumentando seu reconhecimento entre o seu público, e levar informações relevantes que contribuam para sua qualidade de vida. Tudo isso é possível com a atividade em mídias sociais.

Conforme os números de pesquisas relacionadas à saúde e bem-estar aumentam online, profissionais podem aproveitar e melhorar ainda mais seu marketing. Preparado para conquistar mais pacientes utilizando as redes? Confira nossas dicas abaixo.

6 dicas do que fazer no marketing digital para médicos

Elaborar uma estratégia de marketing médico exige paciência, conhecimento das redes com as quais deve trabalhar e conteúdo de qualidade. Com alguns truques você será capaz de conseguir destaque e oferecer posts ainda melhores para seu público.

1. Seguir as orientações do CFM

Primeiramente, precisamos ser éticos e cuidadosos no marketing para a área. Existe uma linha tênue entre boas divulgações e propagandas enganosas no setor. Portanto, o CFM (Conselho Federal de Medicina) estabeleceu regras bastante claras para publicidade médica.

Está começando sua divulgação virtual agora? Recomendamos analisar o regulamento com cuidado para não quebrar regras e ficar sob o risco de problemas legais com a entidade. Falaremos mais à frente sobre o que o Conselho não permite especificamente, então, continue a leitura.

2. Ter uma voz própria para seu marketing digital para médicos

Existem milhares de médicos, hospitais, clínicas e espaços de saúde na internet. Faça uma rápida busca na sua região e você perceberá a quantidade de perfis profissionais com potencial para serem muito semelhantes aos seus.

Como o paciente consegue navegar nesse mar de informações e encontrá-lo, além de se identificar com sua marca? Recomendamos adotar uma linguagem própria para seu conteúdo. Isso inclui o que você faz visualmente e até na forma de falar.

Primeiro, analise seu público com cuidado e veja como ele fala. É de uma forma mais sucinta, rápida e informal? Ou é de uma maneira detalhada, usando até alguns termos técnicos? Dependendo de quem você desejar atingir será necessário adaptar-se para isso. Mesmo pequenas mudanças na forma de escrever separam você da multidão e dão destaque ao seu perfil.

3. Educar sua audiência através de posts e conteúdos

Os posts e vídeos educativos formam a base de seu marketing digital para médicos. São alguns dos conteúdos que mais atraem nas redes sociais para perfis da área, além de ajudar a aumentar a consciência de seu público e educá-lo para problemas de saúde comuns.

A recomendação é investir muito nesse tipo de publicação, sempre tomando cuidado na forma de abordagem. Além de informar você quer apresentar-se de uma maneira única. Seu conteúdo precisa ser fácil de absorver e compreender.

Evite abusar dos textos nas imagens, aproveitando mais descrições para fazer isso. Mesmo assim, nunca transcreva uma tese para as mídias sociais, pois uma de suas principais características é o consumo rápido de informações. Os textos precisam ser fáceis de digerir, divididos em parágrafos curtos e evitando um número excessivo de palavras.

Combinar marketing de conteúdo para redes sociais com um blog também é uma boa ideia. Assim, você consegue trabalhar informações mais detalhadas em textos para o blog e usar posts resumidos para as redes. Caso alguém queira saber mais basta visitar seu site. Essa é, inclusive, uma ótima estratégia para aumentar o tráfego do site!

4. Combater falta de informação e fake news

Quando o assunto é saúde muitos “especialistas” querem dar suas opiniões, mesmo que elas não sejam baseadas em fatos. Seus pacientes e possíveis pacientes não possuem o conhecimento para desmenti-las e precisam de sua ajuda.

Desmistificar mitos e fake news sobre sua área é uma excelente forma de atrair a atenção e educar o público ao mesmo tempo. Ao trabalhar posts desse tipo você aproveita um tópico quente, mostra sua expertise e gera confiança no usuário.

5. Compartilhar informações e notícias da área no marketing digital para médicos

Seus pacientes querem ser atendidos por alguém que está sempre informado com as notícias mais relevantes da área. Então que tal mostrar para eles que isso é real, compartilhando tais informações?

Sempre que receber atualizações, novidades ou novas pesquisas vale a pena divulgá-las. Isso gera curiosidade e também constrói sua imagem como especialista. O mesmo vale para qualquer evento ou congresso da área que você participar.

Mostre que está sempre atrás das informações mais novas no seu setor para os pacientes. Eles agradecem a atenção e ficam ainda mais confiantes no seu serviço.

6. Divulgar suas especialidades e procedimentos

Todo esse marketing de conteúdo não está completo se você não aproveitar para atrair novos pacientes. Apesar do CFM restringir posts de venda propriamente ditos para profissionais médicos, como promoções, você ainda pode divulgar exatamente o que você ou sua clínica faz.

Mostre as especialidades trabalhadas, equipamentos do consultório, exames e procedimentos. Seu público-alvo precisa saber o que você faz para conseguir agendar uma consulta. Também é importante mostrar exatamente o que faz cada especialidade. Muitas pessoas sequer sabem quando devem procurar um médico de cada área.

Médica usando tablet e laptop gerenciando suas redes sociais no marketing digital para médicos

O que não fazer no marketing digital para médicos

Para obter sucesso com seu marketing digital para médicos fique sempre muito atento ao que não fazer. O CFM pega bem pesado nas punições para quem não segue seus regulamentos de publicidade. Isso pode até significar problemas legais para os envolvidos.

Confira uma lista do que não fazer para conseguir trabalhar seu conteúdo com tranquilidade:

  1. Divulgar preços de consultas e procedimentos. Passe essas informações somente por mensagem privada;
  2. Usar publicidade apelativa ou enganosa com promessas de resultados;
  3. Diminuir a importância de outros especialistas ou profissionais da saúde;
  4. Expor pacientes, mesmo casos de sucesso, seja usando sua imagem ou nome;
  5. Divulgar procedimentos fora de sua especialidade;
  6. Divulgar foto de antes e depois de procedimentos;
  7. Exibir na internet peças cirúrgicas retiradas de pacientes.

A preocupação do CFM é que o marketing na área da saúde perca seus princípios éticos. Seguindo essas orientações, você pode trabalhar perfeitamente o seu marketing médico. Chegou a hora de trabalhar suas redes sociais, obtendo ainda mais sucesso para seu perfil com essas dicas!

Os comentários estão encerrados.





    Agradecemos
    sua
    inscrição!