mãos de médica ao laptop escrevendo em blog no seu marketing para clínicas
Entenda a importância de um blog no marketing para clínicas
28/01/2021
médico usando tablet faz marketing digital médico nas redes sociais
Como fazer marketing digital médico nas redes sociais
25/02/2021

Marketing para médicos: por que um site pode fazer a diferença

médica sorrindo por trás de laptop visita site sobre marketing para médicos

Alguns profissionais da medicina ainda imaginam que um site, ou o próprio marketing para médicos, só é necessário para quem vende online. Talvez até seja interessante para um plano de saúde, mas uma clínica realmente não precisa disso. Trabalha com indicações, os pacientes visitam por causa da fachada ou da lista de telefones do plano. Será mesmo?

O site é parte essencial do marketing digital médico. Sem ele seus pacientes têm muito mais dificuldades para encontrar informações sobre a clínica ou consultório. Quanto mais difícil for esse processo, menores as chances de agendarem uma consulta.

Além de oferecer informações sobre suas especialidades, as páginas do site oferecem tudo que alguém precisa saber antes de uma consulta. É como uma central de informações com horários de abertura, formas de contato e até endereço.

Se sua intenção é destacar-se na área médica então o site é vital. Confira mais alguns motivos para fazer esse investimento em marketing digital médico.

1. Pacientes fazem consultas na internet o tempo inteiro

Alguns até já mudaram o nome da sua ferramenta de busca favorita para Dr. Google. Afinal, é para ele que muitas pessoas correm quando querem saber algo relacionado à saúde. Todos os dias milhares de termos relacionados a sua área estão nas buscas. Quem ainda não tem site perde esse tráfego e as chances de conseguir novos pacientes.

De acordo com estudos, 80% dos usuários procuram informações médicas online. As buscas variam de remédios para dor de cabeça até hospitais perto de mim. A tendência é compreensível, pois é ótimo ter acesso a milhares de informações com poucos cliques numa tela. Mas o grande problema é quando esses cliques não levam até sua clínica.

Mesmo quem já possui alguma atividade em redes sociais consegue colher esse benefício. Em uma busca orgânica do Google uma página de site otimizada para SEO tem muito mais chances de aparecer que seu posts no Instagram ou Facebook.

2. Mesmo o marketing para médicos baseado em referências precisa de um site

Seus pacientes costumam encontrá-lo por referências? Excelente, isso significa que seu serviço é ótimo e sua fidelização também está adequada. Mas sabia que mesmo as referências ganham mais força com um site?

Para confirmar sairemos do universo médico por um minuto. Quando um amigo recomenda uma loja para você qual é sua primeira atitude, visitá-la para ver se gosta? Provavelmente não, caso contrário arriscaria perder seu tempo para ir a um local que não conhece. Mas certamente a procura no Google para ver  fotos, a opinião de outros compradores e informações adicionais. Ou até mesmo para encontrar seu endereço e telefone.

O mesmo acontece quando seus atuais pacientes indicam a clínica para alguém. O site facilita o acesso, oferecendo informações de forma simples e prática.

3. Ajuda a encontrar pacientes mais qualificados e interessados

Ao construir um site adequado para o marketing digital médico você precisará incluir:

  • Especializações que a clínica atende (incluindo o que tratam e para que servem os procedimentos oferecidos);
  • Profissionais que ali trabalham;
  • Endereço;
  • Telefones e formas de contato;
  • Orientações para agendar procedimentos e consultas.

Talvez pareça pouco nessa listinha, mas ao colocar no papel perceberá que é bastante conteúdo. Isso significa que um possível paciente interessado em consultas conseguirá informar-se bem antes de entrar em contato.

Já recebeu ligação de pessoas que só estavam curiosas sobre o que se fazia na clínica? Esses dados servem exatamente para diminuir esse tipo de contato. Quem chega pelo site já sabe o que você faz e provavelmente já tomou a decisão de ser atendido.

4. Mostra profissionalismo no marketing para médicos

O site é uma mostra de profissionalismo para qualquer clínica. Além de facilitar a vida do paciente, ele também ajuda a destacar seu negócio do restante da concorrência. O usuário vê a página como sua recepção.

Quando ela é bem construída, possui todas as informações necessárias e ainda é agradável visualmente passa a impressão de um negócio mais confiável. Esse é um investimento que você fará a longo prazo. Seus efeitos continuarão sendo sentidos nos próximos anos pela clínica, contanto que mantenha o site atualizado.

5. Aumenta sua influência no mercado com o marketing para médicos

Quem não é visto não é lembrado. Os profissionais de marketing ouvem essa frase desde o surgimento da profissão e devem continuar a ouvi-la por muito tempo. O interessante é que ela continua válida hoje, na verdade, talvez seja ainda mais importante atualmente.

Com um site você será mais visto. Seja nas buscas orgânicas do Google, em anúncios na própria ferramenta de busca ou nas redes sociais. Assim, sua presença de mercado tende a crescer aos poucos.

mãos de médico usando tablet que visita site de marketing para médicos

Problemas para quem não possui um marketing para médicos adequado

Sem site não existe um marketing digital médico completo e isso deve gerar diversos prejuízos. Geralmente, profissionais com mais tempo de mercado imaginam que não precisam disso por serem bastante conhecidos. É um erro!

Sua reputação só tende a melhorar com o uso de um site adequado. A presença online já é um pré-requisito para qualquer um que queira ganhar ou manter seu destaque na área. Mesmo quem atende pacientes mais velhos precisa garantir isso.

O motivo é simples: pessoas mais velhas já estão ficando mais digitais. Boa parte da terceira idade aprendeu a usar o Google e as redes sociais. Além disso, outros tomadores de decisão, como cuidadores, responsáveis legais e familiares, também fazem parte da jornada de compra. Sua clínica precisa estar presente no resultado de suas buscas.

O que seus pacientes procuram no site

Pronto para aproveitar todas as vantagens de ter um site próprio? Confira o que incluir para garantir a boa experiência do usuário e aumentar o número de visitas e agendamentos.

1. Agendamento online

Existem ferramentas e apps que permitem ao paciente encontrar um horário na agenda do profissional da saúde sem precisar de ajuda. Elas são bastante populares com as gerações mais novas que valorizam a praticidade e rapidez no processo.

Introduzir o agendamento online também é uma ótima forma de aliviar a carga sobre sua equipe de atendimento. Assim, possíveis pacientes conseguem encontrar seus horários sozinhos e os recepcionistas e atendentes podem focar em tirar dúvidas, confirmar consultas e passar informações importantes.

2. Formas simples de entrar em contato

Antigamente era comum que sites tivessem um formulário de contato e poucos outros pontos que levassem direto ao atendimento. O problema é que isso gerava uma conversa lenta que desgasta o paciente e pode até fazê-lo desistir. O ideal é ter formas práticas de falar com a equipe sem precisar pegar o telefone e fazer uma ligação.

Botões de chat são os mais populares para isso. Uma das opções é incluir chat em tempo real com a profissional de atendimento. Assim o paciente tira suas dúvidas rapidamente antes de agendar a consulta. Também é possível incluir um botão em todas as páginas que direcione diretamente para o Whatsapp.

Os chatbots também são uma opção. No entanto, recomendamos contratar uma empresa especializada para sua configuração. Caso contrário, a conversa robótica fica maçante e irrita o usuário ao invés de resolver seus problemas.

3. Informações completas sobre especialidades

Informação nunca é demais em um site médico! Inclua tudo que seu paciente precisa saber sobre suas especialidades. A ideia é tirar eventuais dúvidas antes mesmo que o contato chegue à clínica para auxiliar em sua decisão de compra.

Para complementar vale a pena inserir marketing de conteúdo através de um blog. Assim, você garante as informações que a pessoa precisa sobre especialidades e outros assuntos que possam interessá-lo e completa sua estratégia de marketing para médicos.

trio de médicos lendo sobre marketing para médicos em tablet

Site vs. redes sociais no marketing para médicos

As chances de você já ter começado a trabalhar o marketing para médicos usando redes sociais é alta! Essas plataformas já fazem parte da rotina da população e hoje em dia é difícil imaginar um negócio que não marque presença nelas. Por isso, muitos profissionais que trabalham com gestão de clínica médica optam por manter somente as redes.

Para eles, essa parece uma forma de economizar, achando que fazer um site seria “redundante” para o marketing. No entanto, garantimos que não é o caso! O site é necessário e nada redundante, já que complementa a divulgação que fazemos no Facebook e Instagram.

A principal diferença entre os dois é o tipo de resultado obtido. Enquanto as redes ajudam a construir e manter um relacionamento com seu público, o site é a melhor forma de gerar conversões e agendamentos.

Isso acontece porque as ferramentas de busca exibem com muito mais frequência resultados da web. Ou seja, seu site aparece mais vezes como resultado de buscas relacionadas a sua área de atendimento.

Mesmo que seu possível paciente já esteja decidido a ir até a clínica, o site passa a ideia de profissionalismo. Quando nos deparamos com um negócio que possui só uma página do Facebook e outro que também tem um portal, o segundo parece mais sério e comprometido.

Por que usar SEO em sites no marketing para médicos

Depois de entender a necessidade do site no marketing para médicos chegamos em outro ponto importante: como fazer com que apareça para o maior número de pessoas possível?

As ferramentas de busca usam algoritmos que analisam o conteúdo de cada página para definir se está ou não de acordo com a intenção de busca. Para isso, verificam diversos pré-requisitos que devem estar bem otimizados caso você queira aparecer primeiro.

Esse processo de otimização é o que chamamos de SEO (search engine optimization) e é importantíssimo para todo site! Descubra por que investir nele e algumas dicas para aplicá-lo.

1. Posicione-se nas ferramentas de buscas mais usadas

O Google é a ferramenta de busca mais usada atualmente, sendo, inclusive, padrão na maior parte dos dispositivos móveis. Por isso, quando aplicamos estratégias de SEO em um site conseguimos fazer parte dos resultados acessados por milhares de usuários em todo o mundo.

Isso ocorre de maneira gratuita, o que no marketing chamamos de “orgânica”, já que, conforme usuários jogam palavras-chave relacionadas na internet, você estará lá sem pagar por isto. Além de conseguir maior número de cliques, dessa forma você consegue muita credibilidade e alcance.

Com um SEO adequado, sua clínica consegue estar entre os resultados para palavras relacionadas a sua prática. Portanto, quem chega até uma de suas páginas já está procurando saber mais sobre sua especialidade ou procedimentos e têm chances muito maiores de realizar um agendamento.

2. Aumente o tráfego orgânico com o marketing para médicos

Marketing, inclusive o para médicos, é caro na maioria das vezes. Não importa se você está planejando deixar um outdoor em um ponto movimentado da cidade ou rodar anúncios online, tudo tem um custo. Ou pelo menos a maior parte das estratégias.

Mas no caso do SEO, quando bem aplicado, o retorno a médio e longo prazo é orgânico, sem custos adicionais. Basta o usuário fazer uma busca relacionada e clicar no seu usuário, que a mágica já está pronta para acontecer.

Assim, é possível aumentar os resultados do marketing digital e diminuir os custos de operações. Parece bastante vantajoso, não é mesmo?

3. Melhore o resultado com anúncios

Falamos em cliques “gratuitos”, mas queremos avisar que você não precisa parar de anunciar porque está usando SEO! As estratégias são complementares e um site otimizado também atrai mais cliques quando é usado em ads.

Quanto mais vezes seu endereço web aparecer nos resultados de busca, melhor. Isso significa que a clínica só tem a ganhar quando consegue estar presente em um anúncio na barra superior ou lateral do buscador e também em um dos primeiros resultados.

Ao aumentar sua presença na página, também crescem as chances de conseguir uma visita. E o bom uso de palavras-chave tem outra vantagem: mostra ao Google que seu resultado realmente é relevante e que merece destaque, mesmo quando comparado com links similares em outros anúncios.

médica recebendo consultoria de marketing em tablet

Dicas para ter um site de sucesso

Quer começar a receber mais visitas no seu site com algumas estratégias simples de SEO e otimização? Separamos o que você precisa começar a fazer hoje para obter sucesso e muito mais acessos. Confira!

1. Evite conteúdo duplicado

Talvez seu concorrente ou alguém de setores similares tenha um artigo muito bom a respeito de um assunto que se encaixaria com seu site. Será que vale a pena copiar dele? Com certeza não! Além de infringir os direitos de autoria do artigo, você também gera insatisfação ao usuário.

Quem clica em um resultado web espera informações novas e relevantes quanto à sua pesquisa. E encontrar o mesmo que acabou de ler em outra página só gera frustração e faz com que a pessoa perca a vontade de visitar seu site novamente.

Ao mesmo tempo, surgem problemas com o próprio algoritmo das ferramentas de busca. Ele é capaz de identificar conteúdo plagiado e dá punições a quem faz isso. Portanto, seu site perderá posicionamento orgânico por causa da cópia.

2. Tenha segurança no site

Conforme o tema segurança digital fica mais conhecido, ferramentas, como o Google, têm adotado diversas sanções para sites considerados como desprotegidos. A ideia é punir quem colocar os dados de navegação do usuário em risco, então fique atento!

O principal fator de proteção para seu site é o certificado SSL. Essa criptografia impede que dados de usuários não possam ser decodificados por eventuais invasores. Há algum tempo, sites que não o utilizam são reconhecidos como não seguros pelos navegadores e algumas vezes sequer abrem em redes públicas.

Caso você ainda não possua essa condição básica de segurança, recomendamos entrar em contato com seu desenvolvedor, pois a maioria das hospedagens já oferecem esse certificado, bastando o usuário instalá-lo. Está na hora de garantir mais credibilidade para o paciente e buscadores.

3. Para um bom marketing para médicos, evite sobrecarregar o site com animações

Sites e páginas lentas estão entre os principais motivos de abandono de um portal. O usuário cansa de esperar seu carregamento e recorre a um dos outros milhões de resultados que existem online. Então, como fazer para não correr esse risco?

É bastante simples: seja cuidadoso com o tipo de artigo que inclui em cada página. As animações, que estavam na moda nos anos 2000, estão entre as principais vilãs. Demoram para carregar e frequentemente não são responsivas, ou seja, não se adaptam ao mobile e seu usuário só terá uma boa experiência se estiver no desktop.

Opte, ao em vez disso, por imagens pequenas e otimizadas para a web. Isso garante o carregamento rápido e eficiente para que o paciente faça seu agendamento em poucos minutos.

Comments are closed.





    Grato pelo envio.
    Em breve você começará a receber nossas newsletters.