atualização de conteúdo antigo
No seu marketing digital saúde, seu blog tem conteúdo antigo? Veja o que fazer.
06/09/2019
Estetoscopio sobre teclado
Quanto custa fazer serviços de marketing médico, você sabe?
11/12/2019

Tráfego para o seu site no marketing médico e marketing para saúde. Você sabe como aumentar?

Marketing médico e de saúde

Veja as dicas de marketing médico para você ter o melhor site

Depois de criar um site perfeito é só esperar os clientes começarem a aparecer, não é mesmo? Errado! Muita gente pensa que só o investimento em site é o suficiente, mas esquece que para conseguir pacientes precisa aplicar técnicas que atraiam tráfego para o portal. Para isso, é preciso aplicar algumas estratégias de marketing medico e marketing para saúde, vamos aprender? Confira as informações que separamos abaixo e comece a usá-las no seu site. 

Otimizar o site para SEO

O Google e outras ferramentas de busca utilizam uma série de critérios para posicionar os resultados orgânicos, ou seja, os links para sites que aparecem na busca sem pagar. Se você deseja tráfego , precisa estar entre os primeiros quando seus clientes procurarem por serviços médicos e saude. Para isso você precisa criar conteúdo para palavras-chave utilizadas por seu público. Mas como descobrir essas palavras-chave? O próprio Google fornece uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave gratuita, o Keyword Planner

O primeiro passo para conseguir tráfego é fazer uma pesquisa de palavras-chave, conferir as mais relevantes e começar a produzir conteúdo para posicionar-se nelas. Para que ele seja mais visível para as ferramentas de busca você deve usar a palavra-chave no título, no corpo do texto, subtítulos e no atributo alt da imagem. 

Utilizar e-mail marketing médico

Quem disse que o e-mail já está morto? Dezenas de pessoas olham seu e-mail diariamente e podem aproveitar o momento para conhecer mais sobre seu negócio da saúde. No marketing saude é importante aproveitar os contatos gerados através do site e até da sua clínica para gerar mais tráfego. Envie newsletters com informações, novidades da semana e links de artigos. Isso faz com que as pessoas voltem para seu site, gerando tráfego, e ainda ajuda na fidelização de pacientes. 

Recomendamos utilizar ferramentas específicas para e-mail marketing, como Mailchimp. Eles possuem opções de automação e enviam e-mails em massa de maneira que evita o bloqueio do seu endereço por servidores de e-mail. 

Usar redes sociais

símbolos de mídias sociais aumento de tráfego site

Depois de postar um conteúdo no site o que você faz? Se a resposta foi nada você precisa mudar essa realidade. Recomendamos aproveitar as redes sociais para tornar seu site mais visível para o público e atrair tráfego. Para isso, compartilhe nas suas redes e também deixe todo conteúdo fácil e rápido de compartilhar por outros usuários. Quanto mais pessoas postarem na web seus artigos de marketing para saúde, maior será o tráfego gerado.

Caprichar na criação de conteúdo de marketing para saúde

Na hora de fazer o seu marketing para saúde, para que alguém se interesse em receber seu e-mail marketing e em compartilhar seus posts nas redes sociais, você precisa escrever um conteúdo excelente. Na web o ideal é seguir as dicas abaixo: 

  • Use palavras-chave relevantes; 
  • Não use frases longas; 
  • Escreva conteúdo informativo; 
  • Use imagens e vídeos à vontade. 

Além disso, poste com frequência. Um conteúdo a cada mês é insuficiente para manter usuários navegando no seu site. 

Ter um site responsivo de marketing para saúde

Boa parte dos usuários atuais navega em dispositivos mobile. Por isso, é importante otimizar seu site e transformá-lo em um portal responsivo. Sem fazer isso você perde quase metade do público potencial que existe na internet. Para considerar um site como responsivo ele precisa adaptar-se de acordo com o dispositivo que o usuário está utilizando para facilitar a navegação. Portanto, pense em contratar um profissional e adquirir temas WordPress antes de colocar seu site no ar para garantir que ele será eficiente. 

Atualizar conteúdos antigos

Postou um artigo há 2 anos? Provavelmente muita coisa mudou desde então, desde sua experiência escrevendo até o cenário atual no marketing medico. Portanto, é sempre uma boa ideia atualizar seus conteúdos depois de algum tempo. Além de ser ótimo para manter a qualidade de seu site, os mecanismos de busca percebem quando alguém atualiza seu conteúdo e dão prioridade para ele novamente. Ótimo para trazer novos visitantes, não é mesmo?

Passo a passo para entender o tráfego no marketing para saúde

Seu site está no ar há alguns meses e você continua vendo na internet como ele ajuda a trazer pacientes e novas parcerias. Isso seria ótimo, mas precisa de pessoas que cheguem a visitar o website e entrar na sua estratégia de marketing médico. O que não tem acontecido. 

O que será que está faltando? Provavelmente seu site ainda precisa de algumas ferramentas de marketing digital para levar tráfego para suas páginas. O mundo digital de hoje é vasto e existem milhares de profissionais de saúde usando sites em suas estratégias. 

Assim, seu possível paciente se perde entre milhares de páginas na busca orgânica do Google, anúncios e recomendações. As soluções que mencionamos até aqui são ótimas, mas é interessante que você faça um diagnóstico antes de escolher exatamente o que usar. Confira o passo a passo para entender como conseguir ainda mais tráfego para seu site.

homem em escritório usando laptop e celular satisfeito com o resultado do marketing médico

1. Entenda de onde vem os visitantes do seu site

Primeiramente, é importante compreender quem são as pessoas que já visitam seu site. Talvez sejam poucas, mas elas vieram de algum lugar, de algumas palavras-chave ou meios de comunicação digital. O primeiro passo para saber isso é vincular uma conta do Google Analytics. 

Assim, será possível entender a origem desse tráfego e quais páginas estão sendo mais atraentes. Isso ajudará futuramente sua estratégia de marketing para saúde, quando você precisar decidir qual conteúdo produzir para o seu público. 

Também é essencial ter esse entendimento para conseguir determinar se você está atraindo o público correto. Um site com milhares de visitas que não traz contatos ou agendamentos precisa de sérias mudanças, que podem passar por mudança de conteúdo ou criação de gatilhos de conversão no site, como botões call to action (CTA). 

2. Otimize páginas estratégicas para marketing médico

Além de entender seu público e seu comportamento dentro do site você também deve estar preparado para recebê-lo. Já arrumou a casa antes da chegada de uma visita importante e querida? É o mesmo que você fará com suas páginas web. 

Já falamos por aqui da otimização SEO. Ela também está inclusa no que estamos dizendo, mas também queremos focar na usabilidade, layouts, visual e conteúdo do seu marketing médico. 

Quando alguém visita uma página está procurando por informações e elas precisam ser fáceis de encontrar. A home do site, por exemplo, precisa ter botões muito claros para especialidades, contatos e a página sobre da empresa. Quem possui blog deve investir em artigos fáceis de ler. 

Entre no portal como se fosse um usuário comum, não o proprietário daquele espaço. Agora, avalie: existe algo que lhe faria desistir da visita? Quando a resposta é sim, significa que está na hora de mudar. 

3. Crie funis para a captura de leads no marketing para saúde

Outro problema comum no digital é trabalhar com diversas estratégias orgânicas e pagas e simplesmente fazer nada com o tráfego que chega. Por isso, sempre devem existir funis para captura de leads no seu portal. Seja através de um formulário para cadastro na newsletter ou de uma landing page para serviços específicos. 

Crie lugares estratégicos espalhados por todo site para que usuários “quentes” e que querem saber mais deixem informações de contato. Assim, você também começa a montar sua lista de e-mail marketing, uma outra forma excelente de trazer mais visitas. 

Maneiras orgânicas de conseguir mais visitas no marketing para saúde

Tráfego orgânico é aquele que você consegue sem precisar pagar por anúncios. Ele é construído com base na autoridade, no trabalho de SEO e no uso de marketing em outras mídias além do site. Para o marketing digital ele significa uma fonte incrível de pessoas novas que ainda não conheciam seu negócio e podem transformar-se em contatos. Entenda como usá-lo: 

1. Crie conteúdo imperdível

Para conseguir visitas orgânicas em um site seu conteúdo precisa ser simplesmente incrível. Lembre-se que em uma busca orgânica do Google, por exemplo, seu endereço concorre com milhares de outros resultados. Além da otimização SEO, somente a qualidade do que é oferecido pode trazer diferenciais. 

Quando falamos em conteúdo imperdível queremos dizer: 

  • Blog posts

  • Vídeos; 

  • Praticamente todas as seções do seu site. 

Escreva com personalidade e tente humanizar ao máximo seus pontos de contato com o possível cliente. Essa conversa acabará atraindo novos pacientes fiéis e ajudará a divulgar muito mais seu consultório, clínica ou hospital. 

2. Responda perguntas em grupos

Existem dezenas de grupos do Facebook e outras redes sociais que podem ajudar sua empresa a crescer. Alguns deles são especialmente voltados à saúde ou ao seu público. Quem trabalha com obstetrícia, por exemplo, consegue encontrar pessoas necessitadas e receptivas em grupos de gestantes. 

Para engajar nessas conversas, dê respostas úteis e embasadas e você verá que construirá muita confiança. Aos poucos você conseguirá levar links para seus blog posts ou para o próprio site nesses lugares. É aí que gerará um tráfego de muita qualidade e até interessados em agendar consultas. 

A desinformação na internet corre solta. Um profissional da saúde pode e deve ajudar usuários de redes sociais a encontrarem a resposta mais adequada para seu problema e desmistificar mitos. 

3. Aproveite outras redes sociais, como Youtube

Seus seguidores do Instagram ou Youtube sabem que você tem um site? Ainda não? Isso significa que você está perdendo muito tráfego em potencial dessa forma. Aproveite outras redes sociais para levar conteúdo de valor e ainda atrair novos visitantes. 

Para isso, basta avisar aos usuários que você possui materiais ainda mais aprofundados sobre o que eles querem saber no site ou blog. Inclua CTAs de vez em quando para trazer visitas. Essas pequenas chamadas já podem fazer toda a diferença. 

4. Use o link da bio no Instagram

Quem possui mais de 10 mil seguidores nessa rede consegue usar a ferramenta de arrasta para cima nos stories para incluir links. Essa é uma ferramenta de marketing digital poderosa para conseguir tráfego orgânico. Mas não é a única disponibilizada pelo Instagram. 

Ficamos tão focados nos stories dessa rede que às vezes esquecemos do lugar onde qualquer pessoa interessada vai: nosso perfil. Logo abaixo da bio existe o espaço para incluir um link. Ao contrário dos links que colocamos em descrições, esse é clicável e pode levar o usuário para fora da rede social. 

Aproveite para incluir seu site e convencer seus possíveis pacientes a visitá-los. Não esqueça de sempre avisar seus seguidores que podem acessar sua página ou saber mais através do link. 

5. Aproveite publicações no LinkedIn

O LinkedIn está crescendo rápido no Brasil e sua ferramenta de publicações é um dos motivos. Ele permite artigos ou textos curtos, dependendo do tipo de post que você está fazendo. Além disso, ele também deixa que você inclua links à vontade. 

Que tal começar a levar conteúdo relevante e interessante para essa rede social profissional? Ao criar autoridade e engajamento nela fica muito mais fácil de convencer seus usuários a clicarem em seus links e visitarem o site. 

O LinkedIn é o local perfeito para conhecer novos pacientes, gerar autoridade e ainda criar parcerias com outros profissionais da área.

mãos de homem idoso usando celular para visitar site de clínica feito por agência de marketing médico

Maneiras pagas de levar tráfego para seu site

Ainda existe a opção de trabalhar com tráfego pago no marketing médico. Isso inclui uma variedade de estratégias que exigem um certo orçamento para funcionarem. Confira abaixo as principais delas para conseguir aplicar no site. 

1. Use Google Ads

Quem não quer aparecer nas buscas da maior ferramenta de buscas do mundo? O Google Ads permite que você se posicione em primeiro para as palavras-chave escolhidas ou até mesmo em sites parceiros. 

Uma de suas principais vantagens é encontrar o possível paciente muito próximo ao seu momento de tomada de decisão. Quando alguém está procurando endereços de clínicas para visitar, por exemplo, você estará lá. 

2. Trabalhe com Facebook Ads

O Facebook Ads permite que você “burle” o algoritmo da rede social para conseguir aparecer para pessoas que não são suas seguidoras. Ele também ajuda a melhorar o alcance e engajamento de posts no Facebook e Instagram, gerando até mais interação com quem já o segue. 

Hoje em dia é muito raro que alguém consiga crescer uma página e gerar autoridade sem o uso dessa ferramenta paga. Ela também é muito útil para anunciar links para blog posts ou seu site, seja em stories, posts de feed ou no explorar do Instagram. 

3. Realize remarketing para quem visita seu site

Pessoas entram e saem do seu site o tempo todo. Que tal começar a “persegui-las” com seu conteúdo não importa para onde forem depois disso? Algumas estratégias pagas usam o remarketing, algo que pode ser utilizado através do Facebook Ads ou o próprio Google Ads. 

Ele permite rastrear a jornada do usuário para que seus anúncios apareçam em outros sites ou redes sociais que visitar. Assim, as chances de conseguir ter esse tráfego de volta crescem muito. 

Agora é com você: selecione as estratégias de marketing médico mais adequadas para seu site e comece a trabalhar seu tráfego online.

médica usando tablet para investir em tráfego pago

Dicas para ter um bom tráfego orgânico no marketing para saúde

Conseguir trazer clientes e pacientes através do Google e outras ferramentas de busca de forma orgânica é o sonho de quem trabalha com marketing para saúde. Por isso, o aumento de gente entrando no site que não envolva o investimento em anúncios é foco de muitas estratégias. 

Explicando de forma simplificada, o tráfego orgânico acontece quando as visitas ocorrem sem precisar investir em anúncios ou disparo de e-mails. Comece a avaliar de onde vem seus usuários, é provável que uma parcela significativa deles já venha de canais que não são pagos. 

Para conseguir essa fonte de gente entrando no site você deve investir em formas de aparecer nas ferramentas de busca. Confira algumas dicas essenciais para conquistar mais visitas para seu site. 

1. Verifique se o site é responsivo e possui velocidade adequada

Como mencionamos nos tópicos acima, o uso de dispositivos móveis têm influenciado muito a frequência em sites nos últimos tempos. Desde 2015 o Google já não exibe quem não possui um site responsivo nas buscas feitas através de smartphones e tablets. 

Em um país com 424 milhões de dispositivos desse tipo de uso, não aparecer nas buscas é um grande problema. Portanto, o primeiro passo para conseguir aumentar o número de visitas para seu site é verificar se você atende a esse pré-requisito. 

Para isso, é possível utilizar uma ferramenta 100% gratuita do próprio Google. O mobile friendly test da ferramenta permite que o usuário cole uma URL e verifique sua compatibilidade. Além de descobrir se você possui um site responsivo, é possível ver se existem erros de carregamento da página em dispositivos móveis.  

2. Avalie o título e resumo da página 

Usaremos de exemplo para esse tópico uma clínica cardiológica em São Paulo-SP. Depois de aplicar boas estratégias de SEO em seu marketing para saúde foi possível posicionar-se entre os primeiros resultados para a palavra-chave: Cardiologista SP. Ótimo, mas o tráfego não aumentou tanto quanto esperado. 

O motivo pode ser a falta de um título e resumo chamativos para as páginas que posicionaram-se bem. Assim que um usuário chega à página de resultados do Google começa a escolher qual site deve acessar. Alguns fatores influenciam nessa escolha, mas principalmente o título e o resumo. 

É através dele que o usuário consegue perceber se a página realmente traz uma resposta para suas dúvidas. Portanto, um bom título deve conter a palavra-chave pesquisada, assim como um resumo rápido do conteúdo e qual problema este resolve. 

Continue a elaborar a questão no resumo, mostrando os principais tópicos abordados e quais informações a pessoa consegue encontrar na página. Faça essa rápida revisão (sempre tomando cuidado para usar as palavras-chave alvo) em todas as principais páginas de um site de clínica ou hospital para obter mais acessos. 

3. Crie um perfil no Google Meu Negócio para compor o marketing para saúde

Percebendo como a busca por negócios locais não parava de aumentar, o Google criou a ferramenta Google My Business (Meu Negócio, na versão brasileira) há alguns anos. Hoje ele é uma excelente forma de aumentar o tráfego para seu site e de melhorar os agendamentos. 

Experimente fazer uma busca por clínicas na sua região. Os negócios que aparecem logo abaixo do mapa do Google são todos do Meu Negócio. Eles oferecem informações, como: 

  • Site; 

  • Endereço; 

  • Telefone; 

  • Avaliações. 

Para ficar sempre bem posicionado no Google Meu Negócio é importante mantê-lo sempre atualizado. Aproveite seus pacientes atuais e peça-os para avaliar sua empresa no Google, melhorando sua reputação e, como consequência levando ainda mais novos usuários para o site.

médico ao computador consultando paciente que chegou pelo tráfego pago para marketing para saúde

4. Crie backlinks com outros sites

Backlinks são links que levam de outros sites para o seu domínio. Eles podem estar em portais de parceiros, colegas de trabalho, de clientes e até de planos de saúde. O que importa é que ajudam a fazer com que usuários de outros lugares conheçam a página e cheguem a visitá-la. 

Além de trazer pessoas advindas dos sites que possuem tais links, os backlinks ainda ajudam a melhorar a autoridade no Google. A ferramenta de busca considera que, quando um número razoável de páginas está direcionando seus usuários para você, o resultado é mais confiável. 

Quem deseja conseguir mais backlinks deve investir em parcerias. Escreva um artigo para um site parceiro e inclua links para seus próprios artigos no blog, ajude a divulgar um colega da área da saúde em troca de links, entre outras ideias. 

5. Use Google Analytics para avaliar o tráfego na estratégia de marketing para saúde

Aplicar estratégias para conseguir aumentar organicamente o número de pessoas no site é essencial para o marketing na área da saúde. No entanto, não é o suficiente para ter uma estratégia a longo prazo de sucesso. Recomendamos trabalhar com ferramentas que permitam analisar as visitas que chegam até o site. 

O Google Analytics é o mais utilizado entre gestores de tráfego e agências de marketing digital. Ele permite ver a quantidade de acessos em um dado período, incluindo dados, como: 

  • Permanência do usuário na página; 

  • URLs mais visitadas; 

  • Locais de origem do tráfego; 

  • Dados demográficos dos usuários.

Assim, é possível ver o que está dando certo e o que não funciona. A análise das principais métricas relacionadas às visitas ajuda a elaborar os próximos conteúdos para blog, e-mail marketing e até a escolher palavras-chave eficientes. 

Dicas adicional: use o tráfego pago no marketing para saúde

Que tal garantir que seu site tenha muitos acessos sempre, não importando se ainda não conseguiu uma boa posição nas principais palavras-chave relacionadas ao seu negócio de forma orgânica? Esse é o papel da modalidade paga. 

As campanhas pagas em ferramentas, como o Google Ads, ajudam a levar novas visitas e até colaboram para o posicionamento orgânico, conforme o domínio ganha autoridade. 

Os anúncios nas redes sociais ajudam a crescer o perfil e também a levar tráfego de qualidade para o site. Graças às ferramentas de seleção de público do Facebook Ads e Instagram Ads, é possível atingir pessoas que têm altas chances de precisar da sua clínica, hospital ou negócio na área da saúde.

A recomendação aqui é sempre incluir um link para seu site em publicações impulsionadas. Pode ser para um blog post que fale sobre algo relacionado ou até mesmo para a área de contato. O que importa é segmentar corretamente o público e escolher uma página que possa atender a suas expectativas. 

Quem trabalha com marketing de conteúdo consegue melhores resultados ainda através de anúncios pagos nas redes. Basta derivar suas publicações de blog para as redes e incluir links para saber mais no artigo completo que fica dentro do site.

Os comentários estão encerrados.





    Grato pelo envio.
    Em breve você começará a receber nossas newsletters.